Santos joga na Bolívia e quer encaminhar a classificação

Volante Alison volta ao time titular após ficar afastado por dores no joelho direito
Volante Alison volta ao time titular após ficar afastado por dores no joelho direito - FOTO: Ivan Storti/Santos FC

Mais tranquilo após vencer o Boca Juniors na semana passada, o Santos volta hoje a campo pela Copa Libertadores, às 19h15, para rever o The Strongest na altitude de La Paz, na Bolívia. Se antes corria sério risco de ser eliminada ainda na fase de grupos, agora a equipe brasileira pode até encaminhar a classificação, em caso de nova vitória.

O triunfo por 1 a 0 sobre o Boca deu novo fôlego ao Santos. O time subiu para o segundo lugar do Grupo C, desbancando o próprio rival argentino. As duas equipes têm seis pontos, mas os brasileiros levam vantagem nos critérios de desempate. A liderança da chave está com o Barcelona, do Equador, com nove.

Na prática, o Santos agora depende apenas de si mesmo para alcançar as oitavas de final. E uma vitória sobre o The Strongest deixará essa vaga mais perto. A confiança está em alta, e não somente pela vitória sobre o Boca. Quando enfrentou o mesmo time boliviano, em casa, no dia 4 deste mês, o Santos goleou por 5 a 0.

O desafio do momento será encarar desta vez a altitude de 3.650 metros da cidade de La Paz. O histórico santista em solo boliviano não é dos melhores. Ganhou apenas dois dos últimos sete jogos disputados na Bolívia, incluindo uma derrota por 2 a 1 para o próprio rival de hoje. O último confronto entre eles na altitude terminou em 1 a 1, em 2017.

Outra preocupação santista é a ausência de Fernando Diniz. O treinador foi expulso logo em seu jogo de estreia, na terça passada, e não poderá comandar a equipe do banco de reservas. Seu substituto será o auxiliar Márcio Araújo. Diniz deve acompanhar o jogo das tribunas do estádio Hernando Siles.

Se teve apenas um dia de trabalho antes de estrear, agora o treinador encarou uma semana de treinos para preparar o Santos para o segundo jogo sob o seu comando. Por isso, a partida de hoje já deve revelar uma equipe com novas características, com o perfil de Diniz.

Como o Santos foi eliminado de forma precoce no Paulistão, o treinador terá também mais tempo para o seu terceiro jogo no comando da equipe. Depois de enfrentar o The Strongest, a partida seguinte será somente no dia 26, contra o Barcelona, no Equador, também pela Libertadores. O confronto deve definir os classificados do grupo ao mata-mata.

Para hoje, Diniz terá o reforço do volante Alison, recuperado de dores no joelho direito. Ele foi desfalque nos últimos quatro jogos do Santos. O zagueiro Luan Peres será titular, apesar do mal-estar que apresentou nos últimos dias. Por outro lado, o treinador não terá Marinho mais uma vez. O atacante será baixa pela terceira partida seguida devido a uma lesão muscular na coxa esquerda.

Deixe uma resposta

Comentários