São Paulo confirma lesão do meia Benítez

Meia Benítez sofreu estiramento na coxa esquerda
Meia Benítez sofreu estiramento na coxa esquerda - FOTO: Divulgação/São Paulo

O São Paulo usou as suas redes sociais ontem para atualizar as situações do argentino Martín Benítez e de Daniel Alves, que sentiram dores e deixaram o confronto diante do Palmeiras, na quinta, no estádio Allianz Parque, pela primeira final do Campeonato Paulista, ainda no primeiro tempo.

Na postagem, o clube tricolor confirmou que o meio-campista sofreu um estiramento na coxa esquerda, praticamente descartando o argentino na segunda decisão, marcada para amanhã, no estádio do Morumbi. Já o lateral-direito sofreu um trauma no joelho e ainda será avaliado antes da partida.

"Daniel Alves, com um trauma no joelho direito, realizará novos exames", informou o São Paulo. "Benítez teve diagnosticado um estiramento no músculo adutor da coxa esquerda, já iniciou tratamento e será avaliado periodicamente", completou o clube, que ainda vive a expectativa de contar com os retornos dos atacantes Luciano e Eder.

O primeiro, um dos principais jogadores do time do técnico argentino Hernán Crespo, está mais perto de voltar aos gramados. Ontem, ambos treinaram com o grupo. Para voltar a ser campeão após mais de oito anos na fila, o São Paulo precisa de uma vitória simples. Um novo empate diante do Palmeiras leva a decisão para a disputa por pênaltis.

Contratação

O São Paulo acertou a contratação do centroavante uruguaio Facundo Milán, de 20 anos, que atua pelo Defensor Sporting, do Uruguai, para a equipe Sub-20. O clube de Montevidéu confirmou a transferência em seu site oficial.

A diretoria tricolor trata o atleta como uma promessa do futebol uruguaio e vê a chegada com bons olhos, ainda mais para uma posição para a qual já pretendia trazer mais um nome. Milán, que chega sem custos e em fim de contrato, fez nove jogos e marcou três gols na última temporada. O clube do Morumbi pagará somente uma compensação ao Defensor se decidir ficar com o jogador.

A posição de centroavante era vista como uma necessidade pelo São Paulo, que tem apenas Pablo como um atleta característico da função. A carência fez Hernán Crespo, inclusive, deslocar Vitor Bueno para jogar como o "camisa 9".

O uruguaio chega a princípio para compor elenco e ser uma opção direta a Pablo no mata-mata da Copa Libertadores, na Copa do Brasil e no Campeonato Brasileiro.

Deixe uma resposta

Comentários