Corinthians busca formação ideal contra o Atlético-GO

O Corinthians reencontra o Atlético-GO hoje, às 21h30, na Neo Química Arena, no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Depois de uma péssima apresentação e uma derrota por 1 a 0 no domingo passado contra o rival de Goiás, pelo Campeonato Brasileiro, também como mandante, o time paulista tentará dar a volta por cima no torneio mata-mata.

Será o segundo jogo de Sylvinho no comando da equipe. Na estreia, ele tentou inovar, mas montou um meio-campo sem criatividade com Camacho, Ramiro e Roni; e um ataque desentrosado, com Gustavo Mosquito, Luan e Mateus Vital.

A dúvida que fica é se o treinador insistirá na formação da partida anterior ou se colocará em campo um time mais ofensivo, com Jô na função de centroavante. A principal novidade pode ser o volante Gabriel, recuperado de lesão muscular.

Outra disputa na equipe está na zaga. Na estreia do Brasileirão, Sylvinho sacou João Vitor, que vinha como titular, para colocar Gil. Ele explicou que está testando e vai definir com o tempo a melhor formação.

"Na verdade, nessa parte de construção do time, temos gente bastante jovem, é preciso tranquilidade e percepções para poder se desenvolver no campo. Com relação ao Gil, que é muito importante, o João Vitor está crescendo muito e vamos buscar a melhor formação da dupla de zaga, que dá segurança. Enfim, temos várias opções, mas temos que fazer isso com tranquilidade", analisou o treinador.

O Corinthians estreou na Copa do Brasil com vitória por 3 a 0 sobre o Salgueiro e depois levou um susto contra o modesto Retrô. Após empate por 1 a 1 no tempo regulamentar com o time pernambucano, a equipe alvinegra avançou nos pênaltis.

As duas fases iniciais renderam ao clube R$ 2,5 milhões. A participação na terceira fase renderá mais R$ 1,7 milhão. Além de buscar a taça, seguir no torneio pode ajudar o time a sair do vermelho. O campeão da Copa do Brasil receberá um prêmio no valor de
R$ 56 milhões. (E.C.)

Deixe uma resposta

Comentários