Mogi Basquete renova com os alas Guilherme Lessa e Douglas Santos

O Mogi Basquete confirmou ontem a renovação dos contratos do ala-armador Guilherme Lessa e do ala-pivô Douglas Santos. Além deles, também estão garantidos para esta temporada o novo técnico da equipe, Danilo Padovani, em substituição a Jorge Guerra, o Guerrinha, o armador Fúlvio Chiantia e o ala Wesley Mogi, já anunciados no início da semana.

O ala-armador Guilherme Lessa teve médias de 5.9 pontos e 7.8 de eficiência por jogo pela última edição do Novo Basquete Brasil (NBB). Ele é um dos remanescentes do time que conquistou o Paulista e a Sul-Americana, em 2016, e os vice-campeonatos da Liga das Américas e do NBB , em 2018. O atleta, de 26 anos e 1.75m, vai para a sua sétima temporada defendendo a equipe mogiana.

"Será um projeto novo que acredito que dará tudo certo. Espero fazer uma ótima temporada. Para mim, é um orgulho vestir e honrar a camisa da minha cidade por mais um ano. É algo muito emocionante e fico muito feliz", ressaltou o jogador.

Já o ala-pivô Douglas Santos, de 22 anos e 2m, foi o quarto nome confirmado para a reestruturação da temporada 2021/2022. Esta será a segunda participação do jogador defendendo a equipe mogiana. Com médias de 7.7 pontos, 3.9 rebotes e 9.5 de eficiência por jogo pelo NBB, o ala-pivô foi um dos destaques da equipe no último ano. Em 2019, o atleta foi convocado para a seleção brasileira Sub-21 que foi campeã sul-americana em Tunja, na Colômbia, sobre a Argentina, por 80 a 59.

"A expectativa é grande para essa próxima temporada e estou almejando o melhor. Se tudo der certo e for liberado, seguindo os protocolos, estou muito ansioso para conhecer ainda mais a torcida e tê-los aqui no nosso ginásio. Eles são um jogador a mais em quadra, que nos ajudam bastante e nos dão muito energia. É uma coisa que só Mogi tem", finalizou Douglas Santos.

Deixe uma resposta

Comentários