Palmeiras vai ao sul para melhorar desempenho fora

Rivais acostumados a brigar pelo título do Brasileirão nos últimos anos, Internacional e Palmeiras se enfrentam nesta quarta-feira, às 19 horas, no Beira-Rio. O desafio do time gaúcho é quebrar o incômodo jejum em sua casa, onde costumava ser forte, e o da equipe paulista passa por tentar se consolidar entre os líderes.

O Palmeiras tem sido um bom visitante na temporada, mas em sua última visita foi derrotado pelo líder Red Bull Bragantino em Bragança Paulista. No entanto, o time de Abel Ferreira vem de vitória sobre o Bahia e almeja a vice-liderança. Hoje, é o terceiro colocado, com 13 pontos.

Abel Ferreira também está preocupado com o desgaste físico de seus atletas e indicou que fará novas mudanças na escalação para esta quarta, algo recorrente, já que é muito raro ele repetir uma formação, até pelos número alto de desfalques que tem tido.

Gustavo Scarpa, principal nome do Palmeiras neste momento e líder em assistências na Série A, com 14 passes na temporada para seus companheiros marcarem, pode ganhar um descanso. O meio-campista disputou 28 jogos nesta temporada e é o atleta do elenco que mais atuou. Ele participou de 45% dos gols da equipe no Brasileirão.

Por isso, o técnico afirmara que a presença de Scarpa no confronto com o Inter era incerta, o que abriria espaço para a volta de Raphael Veiga entre os titulares. Ele começou entre os reservas contra o Bahia.

"Contra o Inter vai ser mais um jogo importante, é uma grande equipe. Espero que a gente saia daqui concentrado, focado para ir lá sabendo o que precisa fazer para voltar com os três pontos", disse Veiga, que recentemente teve seu contrato renovado por mais um ano, até o fim de 2024.

Na lateral direita, Gabriel Menino pode ganhar a vaga de Marcos Rocha. Felipe Melo também pode retomar seu lugar no time titular Não se sabe se na zaga ou no meio de campo. É possível que o jovem Renan retome seu posto na retaguarda. (E.C.)