Brasil estreia hoje contra a Alemanha

Sem astros, e, por isso, menos favorita à conquista do ouro nos Jogos de Tóquio, a seleção brasileira masculina de futebol estreia hoje, às 8h30 (horário de Brasília), diante da forte Alemanha. O técnico André Jardine espera uma partida equilibrada, com alternância no domínio.

Ele usou os poucos treinos com todo o elenco para tentar entrosar a sua remendada equipe, sem nomes como Neymar, Marquinhos, Weverton, Rodrygo, Vinicius Junior e Pedro, vetados de representar o Brasil em Tóquio por seus clubes.

"É uma equipe ainda em construção. Aproveitamos os poucos treinamentos com o grupo completo. A estratégia foi realmente tentar entrosar o máximo essa equipe que entendemos ser a ideal pro início dos Jogos. É muito comum as equipes que começam não terminarem a competição. Acredito que nosso time vai se modificar durante a competição", analisou o treinador.

Apesar de não poder contar com Neymar e outros astros, Jardine está satisfeito com o nível técnico dos atletas que tem à disposição. São jogadores, segundo ele, com um "repertório muito bom".

"Buscamos encontrar alternativas diferentes e as melhores estratégias durante o torneio. Para esse jogo, optamos por uma formação que vai nos dar bastante força na frente e um grande poder de marcação", resumiu o treinador, sem adiantar a equipe que mandará a campo.

Considerando a formação que participou dos últimos treinos, o Brasil deve enfrentar a Alemanha com: Santos, Daniel Alves, Diego Carlos, Nino e Guilherme Arana; Douglas Luiz, Bruno Guimarães e Claudinho; Richarlison, Antony e Matheus Cunha.

Brasil e Alemanha vão reeditar em Yokohama a final dos Jogos do Rio, quando a seleção conquistou o inédito ouro nos pênaltis. Foi em Yokohama, aliás, que a seleção brasileira, liderada por Rivaldo e Ronaldo, derrotou os alemães na Copa do Mundo de 2002, na última vez em que foi campeã mundial.

Atual campeão olímpico, o Brasil está no Grupo D, ainda com Costa do Marfim e Arábia Saudita. O torneio reúne 16 times. Os dois melhores de cada chave avançam. (E.C.)

Deixe uma resposta

Comentários