Zé Roberto prevê caminho difícil na primeira fase

Depois da frustrante campanha da seleção feminina de vôlei no Rio-2016, o técnico José Roberto Guimarães prevê um caminho difícil para as brasileiras na busca por reaver nos Jogos Olímpicos de Tóquio a medalha de ouro conquistada em Pequim-2008 e Londres-2012. No Rio, o time nacional caiu nas quartas de final.

"Não há caminho fácil e temos que pensar jogo a jogo", disse o experiente treinador, único brasileiro tricampeão olímpico da história. A estreia da seleção será no dia 25 contra a Coreia do Sul.

Na sequência, o Brasil vai duelar com equipes que contam com treinadores brasileiros e jogadoras que passaram pela Superliga Feminina. "A República Dominicana é treinada pelo Marcos Kwiek, brasileiro, e que tem três atletas que jogaram a Superliga. Aí vem o Japão, donas da casa, carnes de pescoço. Depois a Sérvia, campeã mundial. Por último, o Quênia, teoricamente mais fácil, mas que é treinada pelo Luizomar (de Moura)", disse. (E.C.)

Deixe uma resposta

Comentários