Paralimpíada: com quebra de recorde, Alessandro da Silva é ouro

30.08.21 - ALESSANDRO RODRIGO DA SILVA - Atletismo - Arremesso de Peso - Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020 - Estádio Olímpico - Foto: Wander Roberto/CPB @wander_imagem
30.08.21 - ALESSANDRO RODRIGO DA SILVA - Atletismo - Arremesso de Peso - Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020 - Estádio Olímpico - Foto: Wander Roberto/CPB @wander_imagem FOTO:

Alessandro da Silva fez valer a sua condição de favorito e conquistou a medalha de ouro na prova de lançamento de disco masculino classe T11 da Paralimpíada de Tóquio, nesta quarta-feira (1) no Estádio Olímpico. Esta é a segunda conquista do brasileiro no Japão, que ficou com a prata no arremesso de peso classe F11.

Atual detentor do recorde mundial da prova, de 46,10 metros (m), o paulista estabeleceu o novo recorde paralímpico, 43,16 m, em sua segunda tentativa, e garantiu a conquista no Japão. A prata ficou com o iraniano Mahdi Olad (40,60 m) e o bronze com o italiano Oney Tapia (39,52 m).

O favoritismo de Alessandro não se devia apenas ao fato de ser o atual detentor do recorde mundial da prova, mas vem também do fato de o brasileiro ter ficado no lugar mais alto do pódio também no Mundial de 2019 (Dubai), no Parapan-Americano (2019), no Mundial de 2017 (Londres) e nos Jogos Paralímpicos de 2016 (Rio de Janeiro).