Silvana Fernandes fatura bronze na estreia do parataekwondo em Tóquio

Silvana Fernandes fatura bronze na estreia do parataekwondo em Tóquio
Silvana Fernandes fatura bronze na estreia do parataekwondo em Tóquio FOTO:

A paraibana Silvana Fernandes faturou, nesta sexta-feira (3), medalha de bronze na categoria até 58Kg, da classe K44 no parataekwondo, modalidade estreante no Jogos de Tóquio (Japão). A conquista da  brasileira veio após vitória contra a turca Gamze Gurdal por 26 a 9, no no Centro de Convenções Makuhari, na cidade de Chiba.  A classe K44 agrega atletas com amputação unilateral do cotovelo até a articulação da mão, dismelia unilateral, monoplegia, hemiplegia leve e diferença de tamanho nos membros inferiores. A última brasileira a estrear na modalidade será Débora Bezerra de Menezes, à 1h30 (horário de Brasília) deste sábado (4).

O parataekwondo brasileiro já havia garantido ontem (2) um ouro com o paulista Nathan Torquato, da categoria até 61kg (classe K44), 

Por ser a quinta atleta mais bem ranqueada da competição, Silvana iniciou a trajetória na Tóquio 2020 nas quartas de finais. A adversária foi a norte-americana Brianna Salinaro, que foi derrotada por 15 a 2. Em seguida, a atleta de 22 anos perdeu para a dinamarquesa Lisa Gjessing por 8 a 6. Consequentemente, em seguida, foi para a disputa do bronze.

Natural de São Bento (PB), a atleta tem má formação congênita no braço direito e iniciou no esporte paralímpico aos 15 anos, no atletismo. Entretanto, em 2018, ela conheceu o parataekwondo pela internet e começou a praticá-lo. No ano seguinte, a paraibana foi convocada pela seleção brasileira pela primeira vez.