Ferroviária avança às quartas da Série D, após empate com Esportivo-RS

Ferroviária avança às quartas da Série D, após empate com Esportivo-RS
Ferroviária avança às quartas da Série D, após empate com Esportivo-RS FOTO:

A Ferroviária-SP garantiu presença nas quartas de final da Série D do Campeonato Brasileiro após empate em 1 a 1 com o Esportivo-RS, na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara (SP), jogo que foi transmitido pela TV Brasil. A Locomotiva, que já havia vencido por 2 a 1 fora de casa o jogo de ida das oitavas, saiu na frente aos 27 minutos, com gol do atacante Júlio Vitor. O Zebrão chegou a igualar o placar aos 46 minutos da etapa final, com Peixoto. Mas a vaga na próxima fase ficou mesmo com a Locomotiva que somou 3 a 2 no placar agregado. 

Dona da melhor campanha da Série D - com o resultado de hoje a invencibilidade chegou a 17 jogos - a Locomotiva, comandada pelo técnico Elano Bluner, ex-seleção brasileira, entrou em campo dependendo apenas de um empate, mas foi mais ofensiva desde o início. Aos 13 minutos, o lateral Bruno Souza cruzou na medida para Jefinho chutar a centímetros da trave esquerda. Bem postada na defesa, a Ferroviária deixava pouco espaço para o Zebrão. 

A melhor oportunidade dos visitantes ocorreu aos 26 minutos, com uma bomba de Chicão de fora da área, que o goleiro Saulo salvou, espalmando para fora. No minuto seguinte, no contra-ataque, Júlio Vitor abriu o placar para a Ferroviária. A jogada começou com uma arrancada de Bernardo no campo adversário: ele cruzou com perfeição para Júlio Vitor que dominou, driblou o marcador dentro da grande área e acertou um belo chute com pé direito. A Locomotiva ainda teve chance de ampliar aos 39 minutos, após rebote do goleiro Tivo. Gleyson pegou e chutou no contrapé,  mas a bola foi ara fora. 

Após o intervalo, o Esportivo voltou com tudo para tentar levar a definição da vaga paras a cobrança de pênaltis. No primeiro minuto, o goleiro Saulo salvou a Locomotiva ao defender um chute venenoso de Cafu. Na sequência, Rennan perdeu outra boa chance de chegar ao empate, ao chutar à esquerda do gol de Saulo. Os donos da casa se fecharam ainda mais na defesa, dificultando a vida do Zebrão. Aos 26 minutos, a Locomoitva quase ampliou com Bruno Santos, que mandou um torpedo do lado esquerdo do goleiro Otávio Paz que salvou o Esportivo. 

O time visitante não esmoreceu e aos 33 minutos quase fez o primeiro gol com Millanez, de fora da área. A bola ainda desviou na zaga, e Saulo mais uma vez brilhou evitando o gol. Já nos acréscimos, após finalização de Rennan,   Peixoto pegou a sobra e fulminou para o fundo da rede, empatando o jogo, mas já era tarde demais. O clima esquentou, houve invasão de campo e briga generalizada, que resultou na expulsão de Norton, do Esportivo, e Ian Luccas, do Ferroviária. A partida se estendeu até os 54 minutos e terminou mesmo empatada em 1 a 1.

Outros classificados

Também passaram de fase neste domingo (3), o América-RN que bateu fora de casa o Moto Club, por 4 a 2. No jogo de ida das oitavas, o América-RN já havia derrotado a equipe maranhense por 1 a 0. 

Em Natal, o ABC levou a melhor sobe o 4 de Julho-PI, ganhando por 1 a 0, e carimbando o passaporte para as quartas. O time potiguar empatou o primeiro jogo em 1 a 1.

Jogando fora de casa, o Campinense-PB ganhou por 2 a 0 do Guarany de Sobral. A equipe paraibana levava vantagem pois já vencera o jogo de ida das oitavas, por 2 a 1. 

O Altético-CE foi derrotado por 2 a 1 fora de casa pelo Paragominas-PA, mas avançou às quartas assim mesmo pois venceu o jogo de ida por 2 a 0.