Grand Slam de Judô começa neste sábado em Paris, sede dos Jogos 2024

Grand Slam de Judô começa neste sábado em Paris, sede dos Jogos 2024
Grand Slam de Judô começa neste sábado em Paris, sede dos Jogos 2024 FOTO:

A três anos da Olimpíada de Paris (França), dez atletas brasileiros disputam neste fim de semana o Grand Slam de Judô na capital europeia. A seleção conta com dez atletas que buscam assegurar, pela primeira vez na carreira, a tão sonhada vaga nos Jogos. Além do Brasil, o torneio reúne judocas de 46 países. A medalha de ouro garante dois mil pontos no ranking mundial da Federação Internacional de Judô (IJF, sigla em inglês). As disputas no sábado (15) e domingo (16) serão transmitidas ao vivo no canal do IJF no Youtube - as finais serão sempre ao meio-dia (horário de Brasília).

“Eu vejo essa competição como o start para o próximo ciclo olímpico e o fato de ser na cidade olímpica me faz sentir mais perto do meu sonho. Sentir as energias de estar lutando um Grand Slam com gostinho de Olimpíada. E uma medalha na cidade olímpica me traria muita alegria de estar dando os primeiros passos rumo a 2024”, disse Ellen Santana (70kg), medalha de bronze em 2019 no Grand Slam de Dusseldorf (Alemanha), em depoimento à Confederação Brasileira de Judô (CBJ).

Na manhã desta quinta (14), os cinco primeiros brasileiros a pisar no tatame no próximo sábado (16) participaram das últimas atividades preparatórias antes da pesagem e estreia: Natasha Ferreira (categoria até 48kg), Jéssica Pereira (57kg), Willian Lima (66kg), Renan Torres (66kg) e David Lima (73kg).

“Estou muito confiante. Paris é uma competição muito tradicional e de nível elevado. Mas, estou preparado e pronto para buscar uma medalha nesse evento. Vai ser muito especial lutar na cidade e no país dos Jogos Olímpicos”, projeta Guilherme Schimidt (81kg), vice-campeão no Grand Prix de Zagreb (Croácia),no último dia 25, a primeira competição do novo ciclo olímpico.  

Guilherme Schmidt, medalha de prata no Grand Slam de judo em Dusseldorf

Guilherme Smith luta no domingo (17), assim como Ellen Santana (70kg), Guilherme Schimidt (81kg), Marcelo Gomes (90kg), Lucas Lima (100kg) e João Marcos Cesarino (+100kg). O sorteio das chaves será nesta sexta (15), às 9h (horário de Brasília). 

Na edição do ao passado do Grand Slam de Paris, o Brasil subiu ao pódio duas vezes: Larissa Pimenta (52kg) e Beatriz Souza (+78kg) conquistaram medalha de bronze.  Sarah Menezes (52kg) e Rafael Silva (+100kg) ficaram em quinto lugar.