Ela decide

Mauro Jordão
Mauro Jordão - FOTO: 00001

Neste mês de março comemoramos de um modo acanhado o Dia Internacional da Mulher, limitado em seus festejos pelo distanciamento imposto pela vigilância sanitária que controla a pandemia mundial que nos avassala - o Covid-19. As normas estabelecidas do confinamento, do uso da máscara, da higiene das mãos e da proibição de aglomeração são certas e necessárias, porém, o planejamento em iniciar a vacinação pelos mais idosos deixa o flanco aberto, na batalha de combate à doença, pois são os mais novos que mais se contagiam e disseminam o vírus.

O índice de contaminação seria bem menor se todos fossem vacinados ao mesmo tempo, tanto os idosos como também os mais jovens acima de 16 anos; pois são eles que mais usam o transporte lotado em direção ao trabalho, à escola e ao entretenimento.

Após essas considerações desejo homenagear todas aquelas mulheres que reinam pelo charme da beleza, da elegância e da inteligência, dividindo sua dedicação com sabedoria à família e ao trabalho com a prosa romântica "Há certas horas..." de William Shakespeare: "Há certas horas, em que não precisamos de um amor. Não precisamos da paixão desmedida. Não queremos beijo na boca./ Há certas horas, que só queremos a mão no ombro, o abraço apertado ou mesmo o estar ali, quietinho, ao lado, sem nada dizer./ Há certas horas, quando sentimos que estamos para chorar, que desejamos uma presença amiga, a nos ouvir paciente, a brincar com a gente, a nos fazer sorrir./ Alguém que ria de nossas piadas sem graça.

Que ache a nossas tristezas aas maiores do mundo. Que nos faça elogios sem fim. E que, apesar de todas essas mentiras úteis, nos seja de uma sinceridade inquestionável.../ Que nos manda calar a boca ou nos evite um gesto impensado. Alguém que nos possa dizer: acho que você está errado, mas estou do seu lado./ Ou alguém que apenas diga: sou seu amor! E estou aqui!" Eis a questão:: Se ela decide ou não? Depende da ocasião!

Quando o amor é uma decisão mental se amordaça o coração sentimental.

José Mauro Jordão é médico.