CONTRACAPA

rodrigo
rodrigo - FOTO: divulgação

saiu da sombra

Após passar os primeiros meses do ano nem banho-maria, a questão do pedágio no km 45 da rodovia Mogi-Dutra (SP-88) voltou a ganhar fôlego. O Mogi News vem questionando a Prefeitura de Mogi durante todo ano em busca de novas informações sobre a decisão da Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp) sobre a implantação do equipamento. Ontem, a Prefeitura informou que voltou a se articular junto ao governo do Estado para fazer valer a rejeição da população ao projeto e reafirmou o comprometimento de lutar contra a instalação de praças de cobrança na via.

Não, obrigado

Dessa vez, o prefeito Caio Cunha (Podemos), juntamente com a colega de partido e deputada federal, Renata Abreu, se reuniu com o vice-governador do Estado, Rodrigo Garcia (DEM), e disse que não vai autorizar a implantação de uma série de obras dentro do perímetro da cidade, prometidas pela Artesp, que serviriam como contrapartidas à instalação da praça de cobrança. A ideia da Artesp é implantar pontes e viadutos em alguns trechos de Mogi que rumam ao litoral.

ainda sem garantia

Fontes ligadas à Artesp garantem que nenhum estudo recente foi feito referente às obras de pontes e viadutos em Mogi. Ou seja, a declaração do prefeito Caio Cunha, contra o pedágio, ainda não garante que a cidade ficará livre da cobrança. Já a Artesp mantém o mesmo posicionamento de sempre: "não há previsão para a instalação do pedágio".

89 anos da oab mogi

A Ordem de Advogados do Brasil (OAB) de Mogi das Cruzes completa hoje 89 anos. Em 26 de março de 1932 foi nomeada uma diretoria provisória para constituir a 17ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção São Paulo, formada pelo presidente Oscar Pacheco de Almeida Prado, o secretário Romulo Pasqualini e o tesoureiro Faustino dos Santos Cardoso. Após um ano, em 26 de março de 1933, essa mesma diretoria foi regularmente eleita. Hoje, quem preside a entidade é Dirceu Valle.