Tribuna

Média de isolamento

Após a adoção de medidas de restrições no combate ao coronavírus, Santa Isabel foi a cidade do Alto Tietê que registrou a maior taxa de isolamento social, com 51,5%. A média da região do Alto Tietê ficou em 45,7%. Santa Isabel liderou com 51,5%, sendo seguido por: Mogi das Cruzes com 47,5%; Ferraz de Vasconcelos com 47%; Suzano com 46%; Itaquaquecetuba com 43,5%; Arujá com 42,5% e Poá com 42%. Os dados foram levantados e apurados pelo Sistema de Monitoramento Inteligente (Simi-SP) com base nas informações das operadoras de telefonia Vivo, Claro, Oi e Tim.

Dívidas de Ferraz I

A prefeita de Ferraz de Vasconcelos, Priscila Gambale (PSD), expôs na quinta-feira passada as dívidas da cidade, sendo que algumas delas deverão ser pagas até 2047. A chefe do Executivo ferrazense explicou, por meio de live nas redes sociais, sobre os parcelamentos que a administração possui, bem como seus valores, etc. Ao todo, Ferraz tem a pagar R$ 305.438.517,32.

Dívidas de Ferraz II

Entre os parcelamentos, estão dívidas com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), Banco do Brasil, Tribunal de Justiça do Estado De São Paulo (precatórios), bem como com o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e com a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). No total, a soma de todos os parcelamentos compromete quase R$ 3 milhões dos cofres públicos todos os meses.

Auxílio da GCM

A Guarda Civil Municipal de Suzano (GCM) prestou auxílio na terça-feira passada a uma gestante. Ela estava em um carro com um acompanhante em direção ao hospital Santa Marcelina de Itaquaquecetuba quando se perderam nas proximidades do centro. Os guardas realizaram escolta e os guiaram até seu destino. A ação ocorreu aproximadamente às 21h10, uma equipe da GCM realizava patrulhamento de rotina próximo ao Viaduto Leon Feffer.