Vacina

sadfa
sadfa - FOTO: divulgação

Já é consenso que só a vacinação em massa permitirá a retomada das atividades sociais. Também já é consenso que, enquanto não existir vacina para todos, a única coisa que se deve fazer é manter o distanciamento social e quando isso não for possível usar máscaras e higienizar as mãos. Quanto maior a cobertura vacinal maior a retomada da vida social e econômica.

Parece que lentamente caminhamos para aquisição de mais vacinas, tanto pelo poder público como pela iniciativa privada e, em breve, mas também, lentamente, retomar as atividades. Os municípios que mais se preocupam com a cobertura vacinal serão os primeiros a retomar plenamente suas atividades. Em Mogi das Cruzes um sistema de agendamento para vacinação contra a Covid parece ter racionalizado o serviço e facilitado a vida dos vacinados, chama-se "Clique Vacina". O agendamento evita aglomeração e traz conforto ao usuário do sistema de saúde permitindo a programação da distribuição das doses de acordo com a demanda.

Mogi tem sido uma referência regional no combate à pandemia. Um exemplo a ser seguido pelas demais prefeituras do Alto Tiete. A cobertura vacinal garante a reabertura do comércio e a retomada de atividades sociais, o que faz a economia retomar seu crescimento após um momento tão dramático como o que vivemos hoje. Por isso, muito além de hospitais de campanha que de fato são necessários em caráter emergencial, é muito mais eficaz e barato investir na imunização. É certo que os municípios dependem do envio das vacinas, mas quando elas chegam devem ser aplicadas o mais rápido e eficientemente possível, sem demora, sem burocracia porque a vida tem pressa. Precisamos de mais vacinas, hoje contamos basicamente com a CoronaVac responsável por mais de 80% das imunizações e a vacina da AstraZeneca mas em breve teremos novas opções. Muito ajuda quem não atrapalha, poderíamos estar muito à frente como fez o Estado de Israel que, em parceria com a Pfizer praticamente imunizou toda a nação. Mas enquanto as vacinas não chegam fica uma pequena lição de Mogi com o "Clique Vacina". Vacina, esse é o foco.

Cedric Darwin é mestre em Direito e advogado