Legados da pandemia

Buscando maior envolvimento direto nas decisões relacionadas à pandemia da Covid-19, as câmaras municipais das cidades do Alto Tietê assinaram, recentemente, um manifesto pela criação de uma Frente Legislativa Intermunicipal, com o objetivo de unir esforços. Essa união poderá se transformar em um legado deixado pela pandemia, uma vez que a crise sanitária, hora ou outra, ficará para trás, mas as ações da nova frente criada deverão permanecer.

Neste momento, estão como prioridades a luta por compensação financeira dos governos estadual e federal para as cidades, devido à queda na arrecadação; a não instituição do lockdown; inclusão de pessoas com comorbidades na lista prioritária de vacinação contra a Covid-19; e a não implantação do pedágio do governo do Estado na rodovia Mogi-Dutra (SP-88), no trecho entre Mogi das Cruzes e Arujá.

Muitas decisões municipais passam pelo Parlamento. Em Mogi, por exemplo, o prefeito Caio Cunha (Podemos) enviou ao Legislativo um projeto para aprovação que trata do auxílio a empreendedores e à população carente inscrita no CadUnico. O projeto está em estudo e ainda não entrou para votação. Um maior envolvimento dos vereadores durante a luta contra a pandemia é positivo, deixa o trabalho parlamentar em evidência e facilita na prestação de contas com aquela parcela mais antenada da população. E quem poderá sair ganhando, caso a Frente Parlamentar ganhe força e não caia no esquecimento após a pandemia, são os próprios moradores, já que o objetivo é dar mais força para demandas e necessidades em comum entre os municípios da região. Como disse o vereador de Mogi, Otto Rezende (PSD) - responsável pelo primeiro encontro entre as câmaras do Alto Tietê - "Esta é uma reunião fundamental para que possamos somar forças e fortalecer o poder Legislativo da região".

Já ontem, em sessão ordinária em Mogi, os vereadores Inês Paz (Psol) e Iduigues Martins (PT) protocolaram um projeto propondo a redução dos salários dos parlamentares no período da pandemia do coronavírus.

É possível e necessário extrair bons frutos em momentos difíceis e de crise. A pandemia precisa deixar lições.