Que caminho é esse?

A instabilidade no número de casos e internações por conta da Covid-19 continua preocupando. A ocupação de leitos para o tratamento em Mogi ainda oscila e balança a confiança das pessoas. Apesar de registrar queda nas UTIs há mais de uma semana, na quarta-feira passada houve uma leve alta de internações na Enfermaria de 6,1 pontos percentuais, escalando de 73,3% na terça para 79,4% na quarta. A porcentagem representa uma ocupação de 177 dos 223 leitos de Enfermaria.

Em Suzano, a situação da UTI ainda é de colapso, com taxa de ocupação de 100% das 20 vagas. Na Enfermaria, a situação é menos preocupante, com índice de 67,16% (45 de 67 vagas).

Mas é preciso lembrar que o poder público, na medida do possível e não com a agilidade necessária e com algumas falhas, vem realizando ações para barrar o vírus, por isso é necessário que a população também faça a parte que lhe cabe. Em Mogi, foi aberto o agendamento online para imunização contra a gripe (influenza) a fim de evitar as temidas, e nada recomendáveis, aglomerações neste período em que também ocorre a vacinação contra o coronavírus.

Algumas medidas, ou falta delas, porém, ainda causam apreensão. As aulas presenciais nas escolas particulares com turmas de educação infantil em Mogi das Cruzes foram liberadas, o que servirá de teste para a retomada gradual em outras unidades de ensino. Proprietários das instituições particulares comemoram o retorno, mas não deixa de ser um risco, já que a medida em nada auxilia na queda de casos da Covid-19.

Mas, um dos maiores gargalos nessa pandemia está relacionado ao transporte público e a ampliação da frota segue com um problema sem solução em todo o país.

Na quarta-feira passada, o Brasil passou vergonha em nível internacional quando o primeiro-ministro da França, Jean Castex, proibiu a entrada de brasileiros e suspendeu voos. O mundo todo está atento aos desmandos do nosso governo federal, um dos fatores principais para nosso país se encontrar nessa situação.

Já passou da hora de encontrarmos o caminho certo.