O juízo de Deus

Mauro Jordão
Mauro Jordão - FOTO: 00001

No último artigo, Doença ou Pecado, não citei a frase que o psicólogo humanista Orval H. Mowrer dirigiu para Jay Adams, escritor e pastor reformado, ambos americanos: "A Bíblia seria ótima se a dimensão vertical pudesse ser retirada dela". O Dr. Carrol R. Stegall, amigo do psicólogo, comentou: "Pelo menos o Dr. Mowrer sabe donde vem o socorro - de Deus".

O salmista busca no alto, acima dos montes, a ajuda divina: "Elevo os olhos para os montes: de onde me virá o socorro? O meu socorro vem do Senhor, que fez o céu e a terra" Salmo 121: 1 e 2. Você sabe qual o mais grave distanciamento do ser humano? É o de Deus.

Na pandemia distanciar é benefício; porém, de Deus é malefício. Mowrer, como muita gente, busca a sabedoria que está contida na Bíblia, aprimorando, assim, o seu cabedal de conhecimento, mas rejeita buscar o Autor, o Deus revelado em suas páginas. Mowrer, como todo homem natural, apresenta a fé horizontal racional alicerçada na evidência produzida pela causa e efeito. Muito ingrato é da parte de alguém usufruir da criação sem desejar conhecer o Criador.

Da minha sala de estudo fico extasiado ao ver as folhas de um arbusto e de saber que nenhuma delas é igual a outra, semelhante e de surpreendente singularidade sim, ela é única em todo o mundo. O dito popular afirma que não cai uma folha se não for da vontade de Deus, no entanto, não é bíblico. A Bíblia diz que até mesmo um fio de cabelo da nossa cabeça está ligado à Sua vontade - Lucas 21: 18.

Deus usou de misericórdia por 120 anos, enquanto durou a construção da arca, usando Noé para pregar o arrependimento à aquela geração perversa, corrupta e violenta. Jesus comparou a geração atual à dos dias de Noé, Mateus 24: 36-39, como a de hoje, também, ela não deixou de pecar.

A tolerância de Deus chegou ao limite, e, então, Ele exerceu o juízo e as águas do Dilúvio cobriram todos altos montes, fazendo perecer toda carne que se movia sobre a terra. Só a fé vertical pode nos livrar do futuro juízo de Deus.