Edificando a casa II

Mauro Jordão
Mauro Jordão - FOTO: 00001

Saindo das compras de um supermercado deparei com o sorriso de um rosto amigo que há muito não via, e como não podia deixar de ser, rimos muito das situações hilárias do passado, trocamos novidades do período que nos distanciamos, e no meio da conversa saiu essa pergunta: "Você sabe que eu tenho três filhos e seis noras?"

No momento fiquei um tanto surpreso, mas logo entendi que isto está socialmente na moda, resultado dos laços frouxos do matrimônio que facilitam a separação dos casais em busca de uma nova união. A causa da insatisfação no casamento se dá mais pelo que não somos do que pelo que não temos.

O home office, tão utilizado atualmente, dá comodidade, porém, o tempo e o espaço familiar são disputados com os do trabalho, não acontece variação de ambiente. Com o tempo, o equilíbrio emocional torna-se instável devido ao confinamento e exige mais participação presencial fora do lar; após o trabalho, os sete anões cantavam felizes ao voltar para casa e ver a Branca de Neve, um bom exemplo.

Em Mateus 7: 24-29, Jesus diz que além da casa construída pelas mãos humanas o homem prudente a edificou, também, sobre a Rocha espiritual - Jesus Cristo; no entanto, o insensato sobre a areia humanista; tanto numa como na outra sopraram, com ímpeto, ventos tempestuosos, a da rocha resistiu e a da areia desabou, sendo grande a sua ruína. As duas foram construídas tendo habite-se de adequadas para moradia, no entanto, o habite-se principal é o espiritual, um lar feliz e abençoado por ser guiado pela Palavra de Deus.

A maioria dos lares do mundo se acha tão vazio de Deus que se desfaz no "nada" da areia pantanosa do erro e do pecado, igual à letra da música A Casa:

Era uma casa muito engraçada./ Não tinha teto, não tinha nada./ Ninguém podia entrar nela não,/ Porque a casa não tinha chão./ Ninguém podia dormir na rede,/ Porque a casa não tinha parede./ Ninguém podia fazer pipi,/ Porque penico não tinha ali./ Mas era feita com muito esmero,/ Na rua dos bobos, número zero.