Pela via da dúvida: a certeza

Raul Rodrigues
Raul Rodrigues - FOTO: Daniel Carvalho

Sempre me senti impulsionado pelas dúvidas. Sempre foram marcos dotados de relevância para ir em frente. Assim, tal qual um imenso barco a navegar em mar revolto, as dúvidas que me envolvem, significam ventos norteadores a conduzir minha embarcação existencial. A dúvida nos instiga a pensar bem no que se sabe e saber bem sobre o que se pensa. Como um separador de grãos, poderia até se dizer que o processo da dúvida nos ajuda a separar o joio do trigo! Duvidar é a atitude daqueles que reconhecem sua incapacidade de entender os fenômenos e os instantes enquanto sendo propostos a nossa realidade nua e crua. Muitos mais que pessoas de certezas, somos gerados na dúvida, na contradição e na inexatidão. Viver é uma interrogação!

Em toda vida, bem vivida ou não, coleciona-se muito mais dúvidas que certezas. Se formos abrir o baú de nossas coleções de riquezas - termo riqueza aqui empregado, não relacionado a bens matérias ou até mesmo espirituais, mas riqueza relacionada àquelas simples experiências vivenciais e cotidianas -, veremos que nossas experiências mais marcantes sempre estarão relacionadas àquelas sensações de dúvidas, de incertezas, de contradições.

As dúvidas mais inquietantes são parturientes de novas visões e entendimentos futuros. Ao sermos regidos por perguntas, somos interpelados por nossas dúvidas. As grandes respostas nascem das grandes perguntas e as grandes perguntas nascem das grandes dúvidas. Grandes dúvidas só habitam corações inquietados pelas dores de si mesmo, do Outro e do Mundo.

A vida daqueles que trazem em si a inquietação de si mesmo, a inquietação do Outro e do Mundo é movida não por simples retórica interrogativa, não por palavras empoeiradas de certezas, também empoeiradas, mas suas vidas se tornam constantes perguntas novas, geradas por dúvidas inquietantes também intuitivamente novas. Para se encontrar consigo mesmo, abrace-se às dúvidas inquietantes e se despeça das certezas empoeiradas e paralisantes.