CONTRACAPA

André Diniz
André Diniz - FOTO: z

quase unânime

São raros os momentos em que vemos unanimidade de setores da sociedade em torno de um tema. Exemplo disso é a própria e contestada proposta da Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp) de instalar um pedágio na rodovia Mogi-Dutra. O resultado da pesquisa encomendada pela AGFE, Agestab e Sincomércio sobre a opinião da população mogiana em torno do pedágio teve 85% contrários. Quem esperava 100% se enganou. Há mogiano que ainda nem tenha ouvido falar nessa proposta da Artesp.

setores unidos

A reunião no Theatro Vasques, na semana passada, com lotação quase completa - levando em consideração o distanciamento entre cadeiras - reforçou que o consenso parte de todos os setores da população contra a instalação da praça de cobranças na Mogi-Dutra. A presença de representantes de entidades de classe como o Sindicato Rural, a Associação Cultural de Mogi das Cruzes - Bunlyo, ACMC e Sincomércio; lideranças religiosas diversas como da Igreja Católica, igrejas evangélicas e da comunidade judaica e líderes comunitários de diversos distritos mostraram um consenso de todos os que compõem o dia-a-dia da cidade.

mogi x artesp

Em uma breve coletiva de imprensa concedida pouco após o ato, o prefeito Caio Cunha (Pode) deixou claro que o posicionamento é contra o projeto da vinda do Pedágio na Mogi-Dutra, e não de uma oposição aberta e irrestrita ao governo do Estado. "Não estou disposto a ir contra o Estado, mas contra a Artesp e este projeto medonho. Temos tido todo o respaldo de nosso partido político na esfera estadual e de outros agentes políticos", ressaltou.

modelo

A Defesa Civil de Suzano realiza há cerca de três anos um trabalho de capacitação de moradores de bairros onde há áreas de risco com a proposta de reforçar a segurança das pessoas durante ocorrências. Anteontem, a atuação do órgão municipal foi reconhecida pelo governo estadual e se tornará parte de um curso, que deverá beneficiar várias cidades.