Futuros legados

Buscando maior envolvimento direto nas decisões relacionadas às cidades, principalmente à pandemia da Covid-19, as câmaras municipais do Alto Tietê criaram a Frente Legislativa Intermunicipal, com o objetivo de unir esforços e lutar com mais força pelas demandas do bloco regional. Assuntos como a compensação financeira dos governos estadual e federal para as cidades, devido à queda na arrecadação; a não instituição do lockdown; inclusão de pessoas com comorbidades na lista prioritária de vacinação contra a Covid-19; e a não implantação do pedágio do governo do Estado na rodovia Mogi-Dutra (SP-88), no trecho entre Mogi das Cruzes e Arujá, estão entre os temas já discutidos - alguns ainda em discussão.

A ideia saiu do papel em meio à pandemia da Covid-19, quando os vereadores se viram na necessidade de arregaçar as mangas e fazer algo mais diante da situação de crise sanitária. A ação poderá se transformar em legado político, caso não caia no esquecimento daqui a alguns meses. E quem poderá sair ganhando, caso a Frente Parlamentar tenha cada vez mais força são os próprios moradores das cidades, já que o objetivo é fortalecer os pedidos a atender com mais rapidez as necessidades em comum entre os municípios da região. Como disse o vereador de Mogi, Otto Rezende (PSD) - responsável pelo primeiro encontro entre as câmaras do Alto Tietê - "Esta é uma reunião fundamental para que possamos somar forças e fortalecer o poder Legislativo da região".

Outra ação importante nesses meses de pandemia foi o auxílio a empreendedores e à população carente inscrita no CadUnico, em Mogi das Cruzes, instituído pelo prefeito Caio Cunha (Podemos), com apoio da Câmara Municipal. Pago integralmente em algumas parcelas, o recurso foi importante no momento de ápice de número de internados e mortes.

Prefeituras e câmaras também não tiveram dias fáceis em meio à pandemia, mas devem ser cobradas por oferecer soluções, muitas vezes emergenciais e com resultado em curto prazo. Resta saber o que disso tudo ficará de legado para os meses e anos seguintes.