Prevent Senior

Cedric Darwin
Cedric Darwin - FOTO: divulgação

Conhecida por atender um público com dificuldade para acessar o sistema particular de saúde a operadora tem seu foco em idosos. Tudo ia muito bem até as denúncias contra a operadora surgirem. O depoimento de uma advogada que representa alguns médicos é espantoso. São denúncia que precisam ser rigorosamente apuradas. Não é possível julgar que a operadora de saúde tenha cometido ilícitos de forma orquestrada. Para isso a CPI do Senado colheu depoimento e requisitou documentos.

O Ministério Público de São Paulo, a Assembleia Legislativa de São Paulo, a Polícia Civil do Estado de São Paulo, a Agencia Nacional de Saúde Suplementar e a Prefeitura de São Paulo iniciaram investigações contra a operadora. As acusações são gravíssimas e devem ser apuradas com todo o rigor da lei. Há denúncias de alteração de prontuário médico, de tratamento para Covid sem consentimento de pacientes e familiares, uso de medicamentos sem eficácia comprovada e por ai vai.

Diariamente a Rede Globo de Televisão e outros veículos de imprensa relatam as acusações. A ela deve ser assegurado, como a todos os acusados, o legitimo direito de ampla defesa e contraditório, garantias constitucionais fundamentais e asseguradas em última instância pelo STF.

A Prevent Senior terá a oportunidade de se revelar uma excelente operadora de saúde, cumpridora das normas sanitárias e da ética médica e é isso que se espera não só dela, mas de todas as demais operadoras. É inadmissível que uma operadora de saúde privada tenha utilizado medicação sem eficácia, tenha alterado a causa da morte de pacientes vitimados pela Covid e não tenha conferido o tratamento adequado aos seus clientes. Se tudo isso for comprovado, todos os familiares das vítimas da má prestação de serviços médicos podem exigir na Justiça indenização pelos danos morais sofridos.

Que tudo se esclareça, que erros sejam corrigidos, culpados sejam punidos e lesados indenizados, sem que isso implique na extinção ou quebra da empresa que gera empregos e atende um público discriminado pelas demais.

Cedric Darwin é mestre em Direito e advogado.