Vaga nas ruas

A Prefeitura de Mogi das Cruzes lançou a consulta ao edital de chamamento público para o preenchimento de novas vagas de empreendedores de rua na cidade até o dia 29 deste mês. Ao todo, 109 novas vagas foram abertas pelo decreto 20.278, de 17 de agosto de 2021. Estarão disponíveis pontos para os ramos de alimentação - incluindo hot dog e pipoca, por exemplo - e armarinhos, miudezas, roupas em geral ou bijouterias. A definição do ramo para cada um dos novos pontos está no texto do decreto e foi feita para compatibilizar as atividades e não gerar concorrência desleal com os comerciantes já estabelecidos.

Os pontos estarão localizados na região central, Parque Olímpico, Jardim Margarida, Conjunto Santo Ângelo, Mogilar, Oropó, Jardim Planalto, Parque Olímpico, Ponte Grande, Rodeio, Cezar de Souza, Aruã, Jundiapeba, Alto do Ipiranga, Socorro, Mogi Moderno, Conjunto Jefferson, Braz Cubas, Botujuru, Jardim Santa Tereza e Jardim Layr, além de espaços públicos, como Parque Centenário, Parque da Cidade, Parque Leon Feffer e Pico do Urubu.

A categoria é uma das que mais sofre com dificuldades financeiras apresentadas pela pandemia da Covid-19 e viu a renda despencar sem igual por conta da redução de movimento de consumidores nas ruas. Em muitos casos, a renda simplesmente desapareceu. Na maioria, tratam-se de brasileiros que vendem o almoço com suor para pagar a janta.

O cenário mostra que os efeitos da pandemia têm recaído principalmente sobre grupos que já eram precarizados. Os ambulantes, muitas vezes discriminados, também geram renda ao país, pois pagam imposto em tudo que compram e vendem. Esse argumento basta para se entender que esses trabalhadores merecem mais respeito e atenção.

As inscrições para as vagas de rua em Mogi das Cruzes serão feitas por meio do site da Prefeitura. Os interessados que não tiverem acesso à internet ou tiverem dificuldades para utilizar computadores poderão se dirigir à Sala do Empreendedor, que fica no prédio da Prefeitura, ou à unidade do programa Mogi Conecta no Terminal Central.