Artigo

2021: montanha-russa

Arthur Del Guércio Neto
07/12/2021 às 05:30
Atualizada em 07/12/2021 às 05:30.
Divulgação

Divulgação

Na última coluna de 2020, citamos que muitas pessoas diziam ser um ano para ser esquecido, em especial por todas as adversidades trazidas pela pandemia do coronavírus. Tal discurso vem sendo repetido em 2021, pelas mesmas razões, acrescidas das crescentes dificuldades econômicas.

2021 foi um ano repleto de altos e baixos, com ares de uma montanha-russa. A esperança de uma efetiva imunização em massa com a (polêmica) vacina gerou picos de alegria e tranquilidade; por outro lado, os efeitos desastrosos, em aspectos financeiros, da ausência de trabalho nos lockdowns, vêm tirando o sono de inúmeros cidadãos.

Diante do cenário exposto, é interessante analisar a atuação dos cartórios, os quais vêm desempenhando com intensa dedicação e eficiência a sua primordial missão de garantir segurança jurídica à população.

Atuando ininterruptamente desde o início da pandemia, por serem tratados como atividade essencial, tabeliães, oficiais de registro e suas equipes de colaboradores aperfeiçoaram um serviço já anteriormente desenvolvido com maestria.

Os espaços físicos dos cartórios foram cercados de absolutamente todas as medidas de segurança necessárias à contenção do vírus, com firme norte do CNJ: controle de entrada de pessoas, espaçamento entre assentos, álcool em gel, divisão com placas de acrílico nos postos de atendimento etc.

A atuação no espaço virtual vive franca evolução. O e-notariado permitiu que os atos notariais fossem assinados digitalmente, com a mesma segurança da assinatura física, democratizando ainda mais o acesso aos serviços prestados por tabeliães de notas. Oficiais de registro e tabeliães de protesto penetraram no mundo digital, ofertando aos usuários a chance de opção confiável e tranquila entre o físico e o virtual.

É tempo de reflexão, de agradecer por 2021 e iniciar a construção de um magnânimo 2022; a valorização dos cartórios é nítida, vez que estiveram ao lado da população nos momentos mais árduos, garantindo o exercício de direitos relevantes em suas vidas.

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Categorias
Entre em contato:

Reclamações ou sugestões:

redacao@portalnews.com.br

Comercial e parcerias:

contato@portalnews.com.br

© 2021 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News de Comunicação

Desenvolvido por

Distribuído por