Editorial

Promessa de cooperação

17/12/2021 às 05:30
Atualizada em 17/12/2021 às 05:30.

Há uma promessa de que Arujá, Biritiba Mirim, Guararema, Guarulhos, Poá, Salesópolis e Suzano serão beneficiadas com a renovação do acordo de cooperação técnica com a Associação Nacional dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis (Ancat) para o desenvolvimento de programas e projetos que auxiliem as prefeituras na capacitação profissional e formação de novas cooperativas, assim como no fortalecimento de redes de catadores de materiais recicláveis.

A regionalização pode se mostrar como o melhor caminho para a gestão dos resíduos sólidos e fortalecimento dos catadores de materiais recicláveis da região, tirando-os da informalidade e fazendo com que sejam encarados como agentes de limpeza pública urbana. De acordo com dados da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (Sima), os 12 municípios do Condemat geram em torno de 5 mil toneladas de resíduos da construção civil por dia. O dado é alarmante. Por isso, essa parceria com a Sima neste projeto-piloto pode ser importante para enfrentar o problema. Nesta etapa, capacitar os catadores pode ser determinante, assim como a ampliação de ecopontos em locais estratégicos.

Móveis, pneus, podas de árvores, lixo doméstico, resíduos de construção civil e até mesmo restos de animais; poucos itens escapam ao destino de serem jogados em praças, terrenos e demais locais a céu aberto. Com isso, uma série de doenças e prejuízos ao meio ambiente surgem, estabelecendo assim uma relação quase simbiótica. O descarte irregular de resíduos é um problema crônico nas cidades brasileiras e, segundo o último levantamento do Ministério do Meio Ambiente, pelo menos 56% dos municípios no país recorrem a depósitos inadequados na hora de dar adeus ao lixo que produzem.

Os efeitos negativos do descarte irregular são sorrateiros e não surgem da noite para o dia, por isso, o trabalho de prevenção é fundamental para garantir benefícios à saúde pública e evitar que essa bola de neve ganhe proporções ainda maiores.

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Categorias
Entre em contato:

Reclamações ou sugestões:

redacao@portalnews.com.br

Comercial e parcerias:

contato@portalnews.com.br

© 2021 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News de Comunicação

Desenvolvido por

Distribuído por