Artigo

Petróleo

Cedric Darwin
30/12/2021 às 05:30
Atualizada em 30/12/2021 às 05:30.
divulgação

divulgação

Nós temos uma estatal de petróleo, mas não temos gás nem combustível com preço acessível. O presidente da Petrobras é nomeado pelo presidente da República e o que deveria ser um cargo técnico se torna um cargo político, um general da reserva no comando. Conhecimento técnico? Competência? Experiência? O que o povo brasileiro vê é o resultado dessa gestão quando vai comprar o botijão de GLP e paga mais de R$ 100 ou quando vai abastecer o carro e paga mais de R$ 6 pelo litro de gasolina.

Não há dúvida que o problema do dono da Petrobras, o povo brasileiro, é sua gestão e política de preços. O discurso é de que agora, a Petrobras segue o preço internacional, mas o que percebemos é que só segue o preço internacional para cima e nunca para baixo. O preço internacional do petróleo caiu em um mês quase dez dólares e qual foi a redução no Brasil? Nenhuma. A Petrobras não seguiu o preço internacional, ela só segue o preço internacional quando ele sobe, nunca quando desce.

Isso é um problema de gestão. A Petrobrás é boa para o povo brasileiro? Essa é uma questão a ser debatida, vale a pena manter uma empresa estatal que não atende aos interesses da maioria do povo brasileiro. Sim, pois essa é a finalidade última de uma empresa estatal mantida com recursos públicos também: servir aos interesses de seus legítimos e majoritários donos. Sofremos o petrolão com a drenagem de recursos públicos da estatal para políticos e empresários e agora assistimos aos lucros bilionários da mesma estatal distribuídos entre acionistas às custas do arrocho da população brasileira.

O preço do GLP impacta a dona de casa que precisa cozinhar, mas impacta também a indústria. Os combustíveis impactam não só quem possui veículo, mas toda economia que depende do transporte rodoviário. Aumentar os combustíveis sempre que há variação do valor do barril do petróleo e não reduzir os preços quando a variação é negativa é desonesto e não serve aos interesses do Brasil. A política de preços precisa ser revista ou ao menos honesta, reduzindo o preço dos combustíveis quando há baixa na cotação. Hoje não temos uma política de preços nem justa nem honesta.

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Categorias
Entre em contato:

Reclamações ou sugestões:

redacao@portalnews.com.br

Comercial e parcerias:

contato@portalnews.com.br

© 2021 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News de Comunicação

Desenvolvido por

Distribuído por