Artigo

Ah! O politicamente incorreto!

Raul Rodrigues
12/01/2022 às 05:30
Atualizada em 12/01/2022 às 05:30.
Daniel Carvalho

Daniel Carvalho

Não sei se já se deu conta: não existe essa de multidão do bem. Toda multidão é do mal! Ali, onde estiver a multidão, quando muito, estará a mentira, a dissimulação. Muitos sentimentos juntos, jamais serão homogêneos, quando não falsos. Com isso, em toda multidão a vida passa, a verdadeira liberdade cobra preço, material e existencial.

Quem crê que a educação cria novos seres humanos, o faz para disfarçar seu cotidiano. É uma mentira contada a si mesmo. Acreditar na educação é crer que, com ela, criamos novos seres humanos. Isso não acontece porque a maioria de nós professores, como todo mundo, ganha menos do que queria, é mais infeliz do que esperava, é mais sozinho do que sonhava, é muito menos importante do que imaginava. Esse não costuma ser um perfil indicado para "criar novos seres humanos" porque dele facilmente brota o rancor, o fracasso, a inveja e, por isso mesmo, a mentira.

Ainda sob o viés do politicamente incorreto, logo criarão uma lei que proíba as mulheres de usarem calças em nome da autoestima dos homens e liberarão os homens bem-postos para usar saias em defesa da dignidade de gays ou trans. Duvida? Basta um mentiroso inventar que isso é necessário para um convívio democrático. Isso se chama a ditadura dos ofendidos.

Você já foi a um jantar inteligente? Não me leve a mal: jantares inteligentes são frequentados por psicanalistas, artistas, músicos, atores, jornalistas, publicitários (se falarem mal da publicidade), filósofos, médicos (É sempre chique ter médico, jamais dispensá-los!).

Administrador de empresa não pega bem (só os de política sustentável). Engenheiros, coitados, só vão se forem casados com psicanalistas que traduzem para eles esse mundo. Advogados podem ir porque é sempre necessário um cínico inteligente em qualquer lugar. Pedagogas, só se casadas com esses advogados e com isso capazes de bancar amizades chiques.

Então, a vida se repete só naquilo em que ela se revela mais miserável: no medo, na inveja, na baixa autoestima e no abandono! Falei?

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Categorias
Entre em contato:

Reclamações ou sugestões:

redacao@portalnews.com.br

Comercial e parcerias:

contato@portalnews.com.br

© 2021 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News de Comunicação

Desenvolvido por

Distribuído por