Editorial

Em busca da civilização

10/02/2022 às 05:30
Atualizada em 10/02/2022 às 05:30.

Um dos elementos que ajudaram a formar a civilização foi o sal. Com ele, as populações da época, que já tinham algum conhecimento na preservação de alimentos, principalmente carne, puderam manter por mais tempo a comida, muitas vezes caçada, antes que começasse a perder validade para consumo.

Evidentemente que muito tempo depois, veio a geladeira e ajudou a transformar a humanidade no que ela é hoje. E parte do que ela se tornou está, justamente, acabando com ela: o descarte irregular de lixo.

Já é sabido que a produção de lixo é o calcanhar de Aquiles dos seres humanos, sendo nós a única espécie animal que produz lixo e de forma deliberada. Nenhum outro animal produz ou descarta lixo como o homem.

Chegamos a outro ponto aqui, porque apesar de entidades, governos e sociedades quebrarem a cabeça para encontrar uma solução para este problema mau cheiroso, ainda há pessoas e empresas, em pleno século 21, que descartam lixo de forma irregular, prejudicando o meio ambiente.

O lixo por si só já é uma baita dor de cabeça, o que é descartado de forma inadequada, então, é pior ainda, pois se há inúmeras pessoas pensando em como otimizar o descarte regular e diminuir a produção de lixo, há outras que não se preocupam com isso e simplesmente jogam fora, em qualquer lugar.

Há muita coisa para ser resolvida no Alto Tietê, no Brasil e no mundo, entre elas estão segurança, saúde, trabalho, alimentação, todas urgentes, mas tão prioritária quanto todas estas anteriores é o lixo. Cidades limpas evitam pragas e doenças e, consequentemente, são mais saudáveis.

Somente quando isso for contornado, o manejo feito de forma mais prudente e racional, além da produção, é que a espécie humana atingirá outro nível de civilização. Por ora, enquanto esse patamar não é alcançado, seguimos com soluções paliativas para esse grande problema. É como se estivéssemos, ainda, tentando descobrir as vantagens de ter o sal, mas ainda longe, muito longe, de inventar a geladeira.

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Categorias
Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News