Editorial

Melhor prevenir

04/03/2022 às 05:30
Atualizada em 04/03/2022 às 05:30.

Um velho ditado já pregava "temos que ser otimistas e deixar o pessimismo para dias melhores". É assim que parece que boa parte dos políticos tentam combater o coronavírus. Com a guerra da Ucrânia e da Rússia, que merece toda atenção do planeta, os casos de Covid-19 ficaram meio escanteados do noticiário. Até mesmo o pior desastre que ocorreu em Petrópolis (RJ) em toda a história é pouco falado na imprensa em razão da guerra.

Assuntos como a Covid têm de voltar aos jornais. Nossa reportagem levantou dados sobre mortes e contaminações pela doença no Alto Tietê nestes últimos meses e o saldo é preocupante, tantos as contaminações como as mortes aumentaram. Sem dúvida não é nada parecido com o que ocorreu no pré-vacina, afinal é graças a ela que não vemos aquele cenário caótico de hospitais lotados e cemitérios precisando abrir mais e mais covas para dar conta dos sepultamentos.

A parte otimista está no fato de que alguns governos querem flexibilizar o uso das máscaras de proteção. Está certo que o período eleitoral vem por aí, há quem queira tirar proveito deste momento para falar com os eleitores indecisos sobre as ações feitas durante a pandemia, e algumas deram certo, sim, mas a máscara precisa continuar.

Um dos pontos para destacar essa posição é o fato de que ela custa pouco, a população se acostumou a ela e, o melhor, ajuda na proteção contra a doença. Outro motivo para manter o uso da máscara é, ainda, a falta de um remédio comprovado que atue contra a Covid, a mesma situação que passamos enquanto as vacinas estavam sendo desenvolvidas. Agora aguardamos a criação de um medicamento que possa curar essa enfermidade, mas ele ainda não existe, é uma questão de tempo.

Não há problemas enquanto esse remédio não chega em manter o uso das máscaras, quando mais essa etapa for vencida, quem sabe poderemos pensar em abrandar essa regra, afinal, ainda existem mistérios diante do quadro de sequelas do coronavírus, que ainda variam bastante para cada pessoa. Todavia, como dizia o outro ditado, "a prevenção ainda é o melhor remédio".

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Categorias
Entre em contato:

(11) 4735-8000
editor@moginews.com.br
editor@jornaldat.com.br
aline.portalnews@moginews.com.br

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News