Editorial

Ótima ideia

05/03/2022 às 05:30
Atualizada em 05/03/2022 às 05:30.

A nossa civilização vai melhorar quando atingirmos outros níveis, entre ele está a coleta seletiva do lixo. Já existem iniciativas na região que se valem da coleta seletiva e dão um destino melhor para esse tipo de lixo, que por muitas vezes pode ser reciclado.

Com o lixo orgânico ainda temos um grande caminho pela frente, afinal não faz o menor sentido pegar os restos que não podem ser reciclados e simplesmente jogar em um aterro. O destino desse montante deve ser mais bem elaborado, mas ainda não chegamos neste patamar.

Voltando aos recicláveis, as iniciativas feitas na nossa região e demais locais do Estado e do país merecem ser incentivadas. Outras coisas que também podem ser recicladas, mas que antes eram simplesmente descartadas nas ruas de qualquer cidade, longe das vistas das autoridades, são os restos de construção, móveis e vidros. Muito disso, até bem pouco tempo, era jogado em locais com mato alto e longe da circulação de pessoas, mas agora, com as estruturas chamadas de ecoponto, é possível fazer um descarte mais correto, que não agride os municípios.

Itaquaquecetuba vem apostando nisso, e está correta. O Alto Tietê e a cidade de São Paulo sempre sofrem com as chuvas de verão, entre outros problemas causados pelas tempestades estão os alagamentos, que boa parte ocorre em razão justamente destes restos de obras e móveis atirados às ruas. Apesar dessa mudança nos municípios, ainda é possível ver descartes irregulares. Na divisa entre Poá e Ferraz, por exemplo, era comum encontrar esses descartes feitos à beira da linha da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

Os ecopontos vieram para isso, para acabar com essa péssima tradição popular de jogar essas coisas na rua. Agora é esperar para que isso seja difundido e aplicado pelos moradores da região cada vez mais. O descarte nos ecopontos ajuda a melhorar as condições das cidades, contribui para evitar alagamentos e acidentes, por isso é importante que programas como esses sejam ampliados e aplicados nos dez municípios do bloco regional.

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Categorias
Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News