Artigo

Saúde Funcional

Luiz Felipe da Guarda
25/03/2022 às 05:30
Atualizada em 25/03/2022 às 09:52.
divulgação

luiz - FOTO: divulgação

Quando os vasos linfáticos sofrem lesão ou obstrução, o líquido linfático não consegue ser drenado e se acumula nos tecidos, causando inchaço.

Muitas das vezes após a cirurgia de retirada dos linfonodos (gânglios), os pacientes evoluem, normalmente, com certo grau de edema, pois a capacidade de absorção do excesso de líquido fica reduzida. O inchaço ocorrido até os primeiros seis meses após a cirurgia é considerado como um edema agudo, sendo que este não é considerado linfedema (edema crônico), apenas um edema momentâneo, portanto se após seis meses ou mais permanecer o edema entende-se como um edema crônico.

Para entender sobre os linfedemas é necessário compreender a estrutura do sistema linfático do corpo humano, por exemplo, os linfonodos são órgãos minúsculos, com formato de feijão, responsáveis pela filtragem da linfa, e estão localizados por todo o corpo, mas encontram-se concentrados principalmente logo abaixo da pele do pescoço, nas regiões das axilas e na virilha. Os linfonodos fazem parte do sistema linfático, que é um dos mecanismos de defesa do corpo contra a propagação de infecção e de câncer. A linfa é um líquido claro, que é constituído por água, glóbulos brancos do sangue, proteínas e gorduras que foram filtrados dos vasos sanguíneos para os espaços entre as células. Uma parte desse líquido é reabsorvida pelos vasos sanguíneos, enquanto o restante passa para os vasos linfáticos. A linfa passa, então, pelos linfonodos, que são pontos específicos de coleta onde as células danificadas, cancerosas e organismos infecciosos são filtrados, removidos e destruídos.

Para aliviar o acúmulo de líquido, às vezes é necessária uma cirurgia, porém é importante deixar esclarecido que para a ciência o linfedema não tem cura. O tratamento de linfedema normalmente envolve medidas para aliviar o acúmulo de linfa em um membro e muitas dessas técnicas são de conhecimento do profissional fisioterapeuta, lembrando que cada caso é um caso, por isso, a importância de uma avaliação minuciosa.


Doutor Luiz Felipe Da Guarda é fisioterapeuta e presidente do Lions Clube Mogi das Cruzes

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Categorias
Entre em contato:

(11) 4735-8000
editor@moginews.com.br
editor@jornaldat.com.br
aline.portalnews@moginews.com.br

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News