Editorial

Emoção descenessária

23/04/2022 às 05:30
Atualizada em 23/04/2022 às 08:16.

A vida sem um pouco de emoção embota a mente e a alma. Esta é a natureza do entretenimento - apimentar nosso corpo e nosso espírito com emoções, estímulos ao pensamento, nas arquibancadas ou na prática de algum esporte radical. E não há nada de errado nisso, o único problema é quando tentam trazer a apreensão e a adrenalina para as editorias erradas de qualquer noticiário.

A dúvida sobre a sobrevivência do Estado Democrático de Direito não deveria ocorrer na mesma apreensão em que se assiste um seriado. O julgamento contra o deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ) no Supremo Tribunal Federal por ameaças diretas à Corte não deveria ter mudanças na "trama", como ocorreu no feriado de Tiradentes, quando o presidente da República divulgou sua intenção de intervir nos demais poderes constituídos e perdoar um criminoso condenado pela Justiça, à revelia dos demais poderes, que já se pronunciaram sobre o caráter do acusado.

A apreensão com a manutenção do funcionamento das instituições, com os ataques de Jair Bolsonaro (PL) e seus seguidores ao poder Judiciário, à imprensa, à sociedade civil e a qualquer tentativa de oposição por meio das regras do jogo, não serve ao estímulo ao debate e ao amadurecimento de nossa democracia, renascida na Assembleia Constituinte e na Carta Magna de 1988 - serve apenas para lançar dúvidas sobre os rumos que este país está tomando.

Aqueles que apoiam e incentivam o mais novos capítulo da longa crise institucional em escala federal na política, nos jornais e nas mesas de bar, brincam com um assunto sério que pode ter repercussões inimagináveis.

O Alto Tietê sempre teve uma multipolaridade política, com governos progressistas e conservadores alternando-se em várias cidades onde o debate político, embora acalorado em muitos momentos, sempre se pautou pelo respeito não apenas ao adversário, mas às regras do jogo. E a classe política que sabe da importância do respeito às regras de nossa sociedade precisa dar uma resposta unida contra qualquer tentativa de levar uma emoção desnecessária para um assunto que deveria ser tratado com a seriedade que merece.

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Categorias
Entre em contato:

(11) 4735-8000
editor@moginews.com.br
editor@jornaldat.com.br
aline.portalnews@moginews.com.br

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News