Artigo

Um passo da servidão!

Raul Rodrigues
27/04/2022 às 05:30
Atualizada em 27/04/2022 às 07:05.
Daniel Carvalho

Raul Rodrigues - FOTO: Daniel Carvalho

A tirania não é um ato de força ou de violência de um homem ou de um bando de homens, mas nasce do desejo de servidão. É o povo que gera seu próprio infortúnio, como cúmplice dos tiranos.

Como se percebe esmiuçar os meandros da servidão, revela como está em nós enraizada a vontade de servir, apesar de existir em nossa alma um germe de razão, produtor da virtude, desde que alimentados pelos bons costumes e bons exemplos. Para a natureza, nenhum ser humano pode ser mantido em servidão. Os próprios animais prezam a liberdade e se recusam a servir; quando o fazem é por imposição.

Afirma também haver três tipos de tiranos. Maus Príncipes: poder pela força das armas; poder por herança ou sucessão da raça e pela escolha seletiva por eleição do povo. Os que o obtém pelo direito da guerra, agem como em terra conquistada; quanto aos reis, nascidos e criados no seio da tirania, consideram os povos a eles submetidos como servos hereditários, têm todo o Reino e seus súditos como extensão de sua herança. Quanto ao eleito pelo povo, não nos enganemos: ao se ver alçado a um posto tão elevado, tão alto, lisonjeado por um não sei quê intitulado de grandeza, toma a firme resolução de não abrir mão da "coisa pública". Quase sempre considera o poderio a ele confiado pelo povo como se devesse ser transmitido aos filhos. Sendo esta a idéia mais funesta que faz superar todos os outros tiranos em vícios de todo tipo e até em crueldades.

Para consolidar a nova tirania e aumentar a servidão, afastam toda e qualquer ideia de liberdade presente no espírito do povo. Em resumo, independente de como chegam ao poder, o modus operandi é quase sempre o mesmo: os conquistadores veem o povo como uma presa a ser dominada; os sucessores como um rebanho que naturalmente lhes pertence e, por fim, os eleitos tratam-no como bicho a ser domado.

A ilusão de que se está livre, fundamenta-se em: hábito, covardia e participação, que levam à servidão! Estou lhe dando R$ 500 por mês para ser meu súdito!

Raul Rodrigues é engenheiro e ex-professor universitário

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Categorias
Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News