Editorial

1º de Maio

03/05/2022 às 05:30
Atualizada em 03/05/2022 às 07:20.

O Dia do Trabalho, ou Dia do Trabalhador, o que for mais conveniente, já passou, e, talvez, por ter caído em um domingo, pode não ter chamado tanta atenção da população como em outros dias, quando caiu em dia de semana e o país pode desfrutar de um dia merecido de folga.

Mas mesmo despercebido, o que foi visto neste domingo, durante o feriado, foram dois candidatos à Presidência da República em busca de atenção: um deles, que já está no governo quase um mandato inteiro, mostrou que não tem competência para ocupar o cargo, e o outro, que já teve uma enxurrada de denúncias de corrupção quando era presidente, quer voltar a sentar na cadeira mais importante do Brasil mesmo depois desse período.

Os dois políticos aproveitaram para realizar meio que uma campanha antecipada, já que oficialmente não podem realizar nenhuma propaganda para se lançar como candidatos ao Palácio do Planalto. Apesar dos comícios, os eventos não causaram o impacto que ambos, e seus fieis militantes, gostariam, e os episódios não devem interferir nas pesquisas que a dupla lidera.

Mas enquanto existe essa guerra fria política, o trabalhador sofre. A última pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelou que 11,1% da população economicamente ativa está desempregada. Esse percentual se encontra em um nível de estabilidade durante este primeiro trimestre, sendo o mesmo patamar do trimestre anterior e menor do que os primeiros três meses do ano passado.

Uma das vitrines que devem fazer parte das campanhas, de todos os candidatos, é a geração e empregos, que precisa estar em pé de igualdade com segurança, saúde e educação, mas sem o trabalho formal fomentado fica difícil gerar riqueza, para as pessoas e para o país. Cidades do Alto Tietê, como Mogi das Cruzes, celebram a criação de novos empregos, e isso deve ser comemorado, o fato é que não sabemos se continuará crescendo ou é algo pontual. Façamos votos que isso se consolide e que o próximo governo tenha capacidade de ajudar na geração de empregos.

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Categorias
Entre em contato:

(11) 4735-8000
editor@moginews.com.br
editor@jornaldat.com.br
aline.portalnews@moginews.com.br

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News