Editorial

Burocracia pública

17/05/2022 às 05:30
Atualizada em 17/05/2022 às 07:31.

O processo para contratação de serviços pelo setor público é bastante burocrático e, por vezes, se prolonga muito além do que o cidadão comum, acostumado ao trâmite rápido da rede privada, gostaria. Assim acontece em Mogi das Cruzes com a questão dos radares, que há meses estão fora de operação na cidade, e pelo que informa a Prefeitura de Mogi na matéria da edição de hoje deve demorar um pouco mais para que funcionem.

Mesmo quem fala de "indústria da multa", quando se acredita que são cobradas em excesso, ou quem pisa mais forte no acelerador ao dirigir, sabe que os radares são fundamentais para coibir infrações que podem provocar sérios acidentes. Infelizmente, na maioria das vezes, só quando o bolso é atingido que se garante o respeito às leis, e este é o papel dos radares no trânsito.

Assim como ocorreu com questões como o uso do cinto de segurança, e as cadeirinhas para crianças, que de ameaças de multas, se tornaram hábitos entre os motoristas e passageiros, assim deveria ser com todas as leis de trânsito. O ano todo deveria ser amarelo, não só o mês de maio, com ações voltadas para a educação no trânsito. Ainda são muitos os desafios para um trânsito mais gentil e seguro para todos.

Mogi vive outro dilema, também destaque na edição de hoje, que esbarra nos trâmites burocráticos do serviço público. A limpeza urbana que vive um período de contratos emergenciais, deve ter enfim uma empresa efetivamente contratada com o edital aberto na semana passada. A licitação prevê a realização de serviços de limpeza, coleta, transferência e destinação de resíduos domiciliares da cidade. Um serviço ainda mais fundamental, que envolve também a saúde pública e o meio ambiente.

Com a licitação na modalidade de concorrência pública, segundo a Prefeitura de Mogi, os serviços de limpeza urbana poderão ser ampliados, com mais equipes e equipamentos, atendendo melhor às necessidades do município. Que assim seja, mas, como todo processo público, vai demorar um tempo até que todo trâmite seja finalizado. Aguardamos mais uma vez, e torcemos para que os processos públicos se tornem mais céleres.

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Categorias
Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News