Artigo

A mais importante

Afonso Pola
17/05/2022 às 05:30
Atualizada em 17/05/2022 às 07:22.
divulgação

Afonso Pola - FOTO: divulgação

Estamos nos aproximando rapidamente da eleição presidencial mais importante da nossa história. Desde o final da ditadura produzida pelo golpe militar de 1964, o Brasil foi palco de oito eleições diretas para presidente. Com exceção de 1984, quando a escolha do primeiro presidente civil depois dos 21 anos de ditadura se deu por um colégio eleitoral, todas as outras elegeram presidentes pelo voto popular.

Em todas as oito eleições presidenciais com voto direto, em nenhum momento vivenciamos um clima como o de hoje. A nossa incipiente democracia nunca foi tão ameaçada como agora. As eleições realizadas até aqui, sempre foram pautadas pelo debate, considerando-se candidatos e propostas.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) começou 2021 como líder das pesquisas eleitorais, mas ao longo do ano perdeu espaço para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que viu seus números de intenção de voto dispararem depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) anulou, em abril, os processos que o tornaram inelegível em 2018. A polarização entre esses dois nomes se mantém. A tentativa de se construir uma chamada "terceira via" não obteve qualquer êxito.

Para além da escolha de quem vai comandar o Brasil, será nossa responsabilidade escolher que país queremos para nós e para as futuras gerações. O discurso de ódio, a disseminação de fake news e os atos contra a democracia não podem se estabelecer como se fossem conteúdos da liberdade de expressão. Isso é uma falácia.

É na segurança das urnas eletrônicas que vamos dar nossa reposta aos desmandos daqueles que foram omissos no enfrentamento da pandemia que já nos custou mais de 650 mil vidas. Vamos cobrar os responsáveis e os coniventes dos mais agressivos ataques ao meio ambiente. Precisamos ter novamente autoridades econômicas que adotem medidas com o objetivo de melhorar a vida das pessoas, particularmente em momentos de crise.

Como diz a música Divino Maravilhoso de Caetano e Gil "é preciso estar atento e forte" em defesa da democracia.


Afonso Pola é sociólogo e professor.

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Categorias
Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News