Editorial

Combustíveis

20/05/2022 às 05:30
Atualizada em 20/05/2022 às 08:41.

O preço dos combustíveis cada vez mais pesa no bolso dos consumidores, seja a gasolina, o gás ou o etanol, fica até difícil avaliar o que fica mais em conta na hora de encher o tanque. A situação não é diferente para quem trabalha com o veículo. Pensando nos caminhoneiros, o diesel hoje está com o valor tão alto quanto os demais combustíveis.

Embora o levantamento divulgado hoje pela reportagem mostre preços mais em conta em postos de Itaquaquecetuba, no comparativo com Suzano, Mogi das Cruzes e Poá, o custo ainda é bastante pesado para os consumidores. Indo além da gasolina perto ou passando dos R$ 7, o gás de cozinha em Mogi chega a R$ 120.

Os aumentos frequentes têm reflexos também em outros serviços e itens do dia a dia. Encarece o transporte, que segundo dados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), acumula alta de 17,37% em 12 meses, puxada exatamente pelos combustíveis, com aumentos acima de 20% para a gasolina e o etanol, e no caso do diesel de mais de 40%.

Números preocupantes que impactam o ir e vir de milhões de brasileiros. O carro é um importante meio de transporte e também se tornou, nos últimos tempos, uma alternativa de renda para quem perdeu o emprego, antes mesmo da crise econômica agravada pela pandemia de Covid-19, no caso dos aplicativos de transporte. E isso sem falar dos altos custos de manutenção dos veículos, que aumentam com as condições precárias de estradas e vias.

Voltando ao gás de cozinha, temos benefícios para as famílias mais vulneráveis que mal suprem o valor atual. O custo de vida é cada vez maior, e pesa principalmente para quem já tem muito pouco. A pandemia evidenciou as desigualdades, e embora o Auxílio Emergencial tenha atenuado algumas dores, estamos longe de resolver esses problemas.

Enquanto isso caminha a disputada eleitoral pelo Palácio do Planalto e, no caso paulista, dos Bandeirantes, que, infelizmente, devem ter debates entre os candidatos que vão superficialmente abordar questões fundamentais para o país, como a crise econômica e a desigualdade que impera. 

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Categorias
Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News