Artigo

Saúde Funcional

Dr. Luiz Felipe Da Guarda
08/07/2022 às 05:30
Atualizada em 08/07/2022 às 07:17.
divulgação

luiz - FOTO: divulgação

As doenças raras e complexas são inúmeras e as distrofias musculares são um grupo de doenças neuromusculares que resulta em progressivo enfraquecimento e desintegração dos músculos esqueléticos. As doenças diferem entre si nos músculos que são principalmente afetados, no grau de enfraquecimento, na velocidade de progressão e na idade em que se manifestam os sintomas. Em muitos casos, a pessoa fica incapacitada para caminhar. Alguns tipos estão também associados a problemas em outros órgãos.

A quantidade de distrofias musculares constitui um grupo de mais de 30 doenças genéticas, muitas delas ligadas ao cromossomo X, que afetam primariamente os músculos e provocam sua degeneração progressiva.

A alteração em certos genes é responsável pela falta ou baixa produção de proteínas essenciais para o desenvolvimento da musculatura. As mulheres são portadoras assintomáticas, mas os homens manifestam a doença que pode ocorrer por herança genética recessiva, por mutação nova e espontânea do gene ou por um erro genético.

O quadro clínico das distrofias musculares é extremamente variável. A mutação de um gene que determina a ausência de determinada proteína pode gerar uma doença mais leve ou mais grave. Entre os sintomas principais estão a atrofia e fraqueza muscular progressiva, retardo e comprometimento para caminhar, diminuição muscular de forma progressiva e generalizada, comprometimento da musculatura respiratória e cardíaca.

Importante deixar claro que ao identificar alguma doença rara como a causa de possíveis disfunções, o tempo se torna o nosso maior oponente. Afinal, quanto mais cedo a doença for diagnosticada, mais rápido podemos iniciar um tratamento multidisciplinar e retroceder o avanço dessas doenças. Sabemos que essas doenças ainda não são corretamente tratadas e acompanhadas, na maioria das vezes ocasionando sofrimento para todos os envolvidos.


Dr. Luiz Felipe Da Guarda é fisioterapeuta e presidente do Conselho Municipal para Assuntos da Pessoa com Deficiência (CMAPD). 

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Categorias
Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News