22
Editorial

Vacina

28/07/2022 às 05:30
Atualizada em 28/07/2022 às 05:57.

A rápida expansão dos casos de monkeypox, a varíola dos macacos, preocupa a todos, e já foi inclusive classificada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como uma Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional, com mais de 16 mil casos notificados em 75 países desde maio. No Estado de São Paulo, como estamos destacando desde a semana passada, são mais de centenas de confirmações da doença.

Na região, os casos começam a surgir nas cidades de Mogi das Cruzes, Suzano e Itaquaquecetuba, as mais populosas do Alto Tietê. Casos confirmados e suspeitos estão sendo monitorados pelas Secretarias de Saúde das três cidades, que preparam as unidades de atendimento, orientando profissionais sobre a doença e seus sintomas, que incluem febre, dor de cabeça, dores musculares e nas costas, calafrios, cansaço, e dias depois, surgem as lesões de pele.

Todo o cuidado é pouco para não vivenciarmos uma nova tragédia anunciada, como ocorreu com a Covid-19, menosprezada pelo governo federal. A avaliação da OMS é de um risco moderado da doença. E parece que o governo federal acordou para o possível tamanho do problema, e como informa a Agência Brasil, diferente do que ocorreu com a Covid-19, quando as negociações das vacinas se arrastaram e foram mal conduzidas, o Ministério da Saúde já faz parte da negociação global com o fabricante dos imunizantes contra a doença para ampliação do acesso.

Como aprendemos com a Covid-19, um aprendizado duro e ainda presente no nosso dia a dia, e já havíamos vivenciado com outras doenças que praticamente se extinguiram no país, a vacina é o melhor remédio. Embora hoje encontre resistência nos mais variados grupos, foi a vacina que tornou possível a flexibilização, a volta às atividades, restritas pelo distanciamento social, a redução drástica das mortes e o tão esperado respiro da economia.

Porém, o que vemos são casos de doenças como o sarampo, por exemplo, voltando, diante da baixa adesão aos imunizantes. A vacina, seja contra qualquer doença, é fundamental e urgente.

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Categorias
Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News