22
Artigo

A desordem no país

Mauro Jordão
31/07/2022 às 06:00
Atualizada em 31/07/2022 às 06:00.
mauro

mauro jordão - FOTO: mauro

O filósofo francês Auguste Comte nos deixou como legado esse pensamento: "O amor por princípio e a ordem por base; o progresso por fim". O amor deve ser sempre o princípio de todas as ações individuais e coletivas; a ordem é uma exigência para que se mantenha tudo o que é bom, belo e positivo; o progresso é a consequência do aperfeiçoamento da ordem. O lema "Ordem e Progresso" encontra-se escrito na Bandeira Nacional do Brasil, idealizada quando se deu a proclamação da República em 15 de Novembro de 1889.

A posse de um novo presidente da República, no primeiro dia do ano, nos enche de esperança que ele tenha amor à pátria e a sabedoria suficiente para tirar nosso país da desordem política, colocando no devido lugar as peças desiguais deste difícil quebra-cabeça dos três poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário - havendo ordem se forma a imagem ideal do progresso. Três principais fatores negativos que contaminam os homens públicos e levam a sociedade ao caos: 1º. - o amor a si mesmo, egoísta, é a gênese da corrupção no poder.

O eu acima dos outros é o caminho da injustiça, opressão e tirania. Governar para o egoísta é servir-se em vez de servir, é enriquecer-se com os bens da nação, é adorar-se em lugar de Deus. 2º. - o amor ao dinheiro. A Bíblia diz que o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males, quando em vez de senhor nos tornamos escravos dele. O dinheiro é um senhor perverso que nunca se satisfaz, sempre exigindo mais daquele que o tem e se faz servo, o qual com medo de empobrecer torna-se avarento. Ama as coisas e despreza seu semelhante e a Deus. 3º. - o amor aos prazeres.

Na vitrine da sedução em Brasília temos festas, bebidas, drogas, jogos, aventuras, sexo, luxo, deleites, prazeres; as mordomias do pecado colocam essas iguarias na mesa farta dos banquetes regados com a malignidade do azeite do mal. Sem Deus, dinheiro, sexo e poder levam à destruição a honra e a dignidade dos homens. "Ordem e Progresso", apenas um lema de bandeira? Um sonho irreal?


Mauro Jordão é médico. 

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Categorias
Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News