Guia básico de vendas para proprietários de imóveis em Mogi das Cruzes

Descubra quais as técnicas necessárias para vender seu imóvel de forma rápida e segura
Descubra quais as técnicas necessárias para vender seu imóvel de forma rápida e segura - FOTO: foto divulgação

De fato, muitos dos proprietários que desejam vender os seus apartamentos em Mogi das Cruzes  não são especialistas em vendas ou em marketing. Contudo, algumas técnicas e habilidades relativamente simples podem auxiliar no fechamento de uma negociação rápida, segura e rentável.
Portanto, se você pretende colocar uma casa ou apartamento à venda, siga com a gente e confira o guia básico que preparamos para agilizar a sua transação.

1. Mostre-se confiável


Antes de mais nada, é preciso lembrar que a compra de um imóvel é um investimento alto. Por isso, para que o interessado escolha fechar um negócio dessa dimensão com você, é preciso transparecer confiança e profissionalismo. Portanto, trabalhe com honestidade e espontaneidade.
Sem dúvidas, quem opta por buscar imóveis à venda direto com o proprietário espera encontrar uma pessoa sincera, verdadeira, disposta a conversar e explicar todas as vantagens da propriedade à venda.
Para atender às expectativas dos interessados em relação à sua postura, vale à pena preparar uma apresentação básica do espaço para ressaltar, durante o primeiro contato, as características mais importantes da casa ou apartamento à venda. Além disso, é essencial definir o tom do discurso caso a conversa tome outros rumos. Não precisa decorar um texto, basta se adiantar às possíveis perguntas e garantir uma comunicação natural e honesta.

2. Conheça e apresente os benefícios da sua região

Provavelmente, você sabe muito bem quais são os maiores diferenciais do seu imóvel, por isso, não terá problemas em apresentá-los. Mas, nesse momento, é necessário estender os seus conhecimentos e dominar as maiores vantagens oferecidas pela região onde a sua propriedade está localizada, afinal, ela também é um fator decisivo para fechar a venda.
É preciso partir do princípio de que vender um imóvel significa oferecer qualidade de vida, bem-estar e conforto. Portanto, é essencial obter e informações sobre a infraestrutura, a mobilidade urbana e a segurança da região.

3. Estude as necessidades do cliente

Sem dúvidas, as pessoas que estão em busca de imóveis para comprar têm necessidades específicas, por isso, é necessário sondá-las e compreendê-las para definir o que irá trazer mais satisfação para cada um dos interessados.
Obviamente, cada caso é um caso e as necessidades variam de acordo com cada pessoa: alguns priorizam segurança, outros, acessibilidade, outros preferem um bom espaço e assim por diante. Por esse motivo, é essencial fazer um diagnóstico personalizado e elaborar algumas perguntas certeiras antes de agendar a visita para evitar que você apresente e um imóvel a um cliente que não está buscando pelo formato oferecido.

4. Não seja inconveniente

Como mencionado anteriormente, comprar uma casa em Mogi das Cruzes ou apartamento é um grande passo na vida de qualquer pessoa. Portanto, é natural que muitos dos interessados queiram pensar, comparar e analisar os prós e os contras da propriedade antes de fechar uma negociação. Não cobre uma resposta imediata, não seja inconveniente e tenha em mente que existe um limite para que a sua vontade de vender não te torne uma pessoa chata e invasiva. Jamais tente obrigar o cliente a fazer a compra, esse, definitivamente, não é o melhor jeito de vender uma propriedade. Ao invés disso, procure sempre se colocar no lugar do seu possível cliente e se mostre uma pessoa compreensiva, disponível e disposta a ajudar.

5. Seja organizado

Por fim, se você pretende colocar uma casa em um condomínio em Mogi das Cruzes para vender, deve saber que, uma das coisas mais cansativas para os clientes é a tamanha burocracia relacionada à documentação da propriedade. Infelizmente, não dá para fugir das idas ao cartório e de todos os trâmites necessários para o fechamento da negociação.
Mas, embora você não possa resguardar o seu cliente de todos esses processos, é possível poupá-lo de muito trabalho adiantando a negociação e preparando toda a papelada (como cópias da escritura do IPTU, da identidade do proprietário, etc.) antes da oficialização da transação. 

Enfim, gostou de ficar por dentro do Guia Básico de vendas para os proprietários de imóveis? Se esse artigo foi útil para você, compartilhe essas informações em suas redes sociais, com certeza elas podem ajudar muitas pessoas que desejam vender suas propriedades.

 

Deixe uma resposta

Comentários