Fôlego renovado

Uma das principais lições que a pandemia do coronavírus vai deixar para a humanidade é que as crises, para serem superadas, precisam de ações conjuntas. Não há iniciativa de mão única capaz de resolver as questões por completo; não há imposição do governo que, sem apoio da população, possa alcançar os objetivos propostos. É preciso, acima de tudo, a comunhão das ações, sempre objetivando a causa maior: a superação da pior crise sanitária que o mundo já enfrentou.

A pandemia, infelizmente, ganhou força com a troca de boa parte das lideranças políticas municipais no início do ano. Prefeitos e vereadores precisaram de um tempo para tomar ciência do rumo da causa pública e pouco puderam implantar de suas promessas de campanha. As mudanças anunciadas tiveram de ficar em banho-maria. Na linguagem mais popular possível, foi preciso trocar o pneu do carro em movimento. Não houve tempo disponível para paradas, reflexões e iniciativas inusitadas. A velocidade do avanço da Covid-19 obrigou a todos a tomarem atitudes imediatas e dar continuidade a outras já implantadas pela gestão anterior.

Agora, passados pouco mais de cem dias do atual mandato, a poeira baixou e foi possível ver o tamanho da crise provocada pela doença, no pior cenário de agravamento. A chegada da vacina, que já imunizou aproximadamente 10% da população, na média nacional, foi um alento, mas não pode ser vista como a solução de todo o problema. Algumas iniciativas paralelas precisam ser criadas para somar forças com vista na redução da pandemia.

Um bom exemplo pôde ser registrado na quinta-feira, em Mogi das Cruzes, com a troca do tanque de oxigênio no Hospital Municipal, que permitiu dobrar a capacidade de abastecimento do produto, um dos mais imprescindíveis para o tratamento de pacientes com Covid-19. A partir da ampliação, será possível abrir mais 45 leitos no hospital, dos quais 15 serão destinados à terapia intensiva.

A substituição do reservatório soma todas as características de como devem ser as ações neste momento: iniciativa pública, apoio empresarial, suporte à área médica e responsabilidade popular.

Deixe uma resposta

Comentários