Imprensa séria

Mais uma estatística que precisa ser analisada com maior atenção é a do crescimento de mortes gerais nas cidades da região. A reportagem do Grupo Mogi News realizou um levantamento comparando o total de óbitos registrados nos dois primeiros meses dos anos de 2019, 2020 e 2021. Para contextualizar o estudo, deve ficar registrado que a pandemia da Covid-19 surgiu no Brasil em março de 2020, portanto incidindo nos cálculos apenas neste ano. Com base nesse delimitador foi possível constatar um aumento médio no número de mortes no G5 - grupo das cinco cidades mais populosas do Alto Tietê - de 37,7%, passando de 1.253 no primeiro bimestre de 2020 para 1.705 em igual período deste ano.

A elevação pode ser ainda maior se considerarmos que houve um acréscimo de mortes mais acentuado a partir de abril, com a chamada segunda onda da pandemia do coronavírus. A empresa jornalística prepara estudos comparando um espaço maior de tempo a fim de revelar com maior precisão a hipótese - mais do que evidente - do crescimento de vítimas fatais em decorrência da Covid em relação às mortes gerais registradas nos municípios. Os números utilizados na reportagem fazem parte dos números da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade). Há, porém, outros caminhos que podem ser utilizados para comprovar a conclusão, como os dados dos cartórios civis, responsáveis pelo registro dos falecimentos em cada cidade. Mas não recai dúvida da evidência do aumento das mortes por Covid em relação aos óbitos gerais. O que ainda é preciso determinar com exatidão é a porcentagem calculada entre os dois grupos.

O objetivo de tais reportagens, que não são exclusividade do Mogi News, mas têm surgido em diversas mídias, é o de afastar especulações sobre o total de mortos no Brasil, como a que fez o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) usando um relatório não oficial do TCU. Segundo ele, o total de mortes por Covid estava superestimado em mais de 50%, o que foi imediatamente desmentido pelo tribunal. Os veículos de comunicação são sérios e imparciais, fundamentando suas reportagens em dados públicos e transparentes. O Mogi News se orgulha de fazer parte deste grupo.

Deixe uma resposta

Comentários