Alimentação das crianças durante a pandemia

O isolamento social fez com que as crianças ficassem em casa e as famílias se organizassem com novas rotinas no ambiente doméstico, como a alimentação.

Alguns cuidados são necessários para que a criança mantenha uma alimentação saudável e fortaleça o sistema imunológico, evitando a obesidade, já que as atividades ao ar livre estão suspensas e, com a criança em casa, fica mais difícil gastar energia.

Esses cuidados vão do café da manhã ao jantar, mas a atenção deve ser redobrada nos intervalos das refeições, momento em que a criança consome mais guloseimas. Para isso seguem algumas dicas da nutricionista e repórter do portal Dráuzio Varella, Maiara Ribeiro.

- Nenhum alimento precisa ser proibido, basta ter equilíbrio.

- Crie uma rotina de alimentação, com horários definidos para cada refeição.

- Não ofereça alimentos direto do pacote, (industrializados). Se oferecer, divida os produtos em potes separados para limitar a quantidade que a criança irá comer.

- Se possível, realize refeições em família, para que se torne um momento agradável e prazeroso.

- Deixe frutas prontas para consumo à disposição da criança para oferecer entre as refeições.

- Ofereça muita água!

Toda mudança gera dificuldade, mas com persistência o resultado será o melhor.

Leia mais no site https://drauziovarella.uol.com.br/ alimentação inf. na quarentena.