Letramento em casa e na escola

O papel da escola de Educação Infantil e da Família é amplo e rico: fazer com que a criança leia o mundo e comece a expor suas primeiras palavras e ideias no papel, ainda que não o faça de um jeito perfeito, correto, convencional. E isso não é fácil. Exige autoconfiança, crença em si própria. Ela trocará letras, inverterá sílabas, inventará traçados. Tudo faz parte do aprendizado. Significa que está buscando aproximar-se desse universo simbólico.
Por esse motivo, faça como a escola propicie a seu filho um ambiente em que o mundo das letras esteja presente e que possam ser referências em suas descobertas.
Seguem algumas dicas que podem ser acrescentadas na rotina da família:
- Ofereça desde cedo um acervo de livros com textos e ilustrações;
- Visite livrarias;
- Disponibilize diversos lápis;
- Leia, seja exemplo;
- Registrem as histórias contadas com desenhos, palavras, frases;
Cada qual tem sua hora: definir um momento certo para esse aprendizado, igual para todas as crianças, é desconsiderar experiência e maturidade individual.
Cada criança é única, fato que precisa ser considerado por escolas e famílias. É o que dará a medida do tempo apropriado, o que permitirá que não se antecipe nem se retarde a alfabetização.
fonte: Coordenação Colégio Interativo; Norma L Brandão, pedagoga e educadora da Vercrescer ass.ed.