Alopecia

Especialista destaca formas da alopecia

Queda de cabelo, como a vivida pela atriz Jada Pinkett Smith, pode ter várias causas, segundo médica dermatologista; um dos tipos mais comuns é a areata

Katia Brito
03/04/2022 às 05:30
Atualizada em 03/04/2022 às 07:58.
Reprodução/Instragram

A atriz Jada Smith, que tem alopecia areata e resolveu raspar a cabeça, foi vítima de piadas no Oscar - FOTO: Reprodução/Instragram

Uma piada de mal gosto, uma reação violenta e em meio a isso uma doença pouco falada: a alopecia. O problema é vivido pela atriz Jada Pinkett Smith, de 50 anos, que teve a cabeça raspada ironizada na cerimônia do Oscar, no domingo passado, pelo comediante Chris Rock. E assim, infelizmente, o ponto alto da cerimônia acabou sendo o tapa em Rock dado pelo marido da atriz, o ator Will Smith.

Em seu perfil @pormaisfios no Instagram, a mogiana Giovana Iniesta, que tem uma forma da doença diferente da atriz, levantou uma questão importante para seus mais de 20 mil seguidores: "Precisamos de Will Smiths ou de informações realmente bem apuradas e verdadeiras circulando sobre alopecia?". Em uma postagem, ela disse não concordar com a agressão mas entender a situação do casal e os constrangimentos que atriz já pode ter passado.

A médica dermatologista Fabiane Brenner, coordenadora do departamento de Cabelos e Unhas da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), explicou que alopecia se refere à queda de cabelo, e há diversas doenças que podem ser a causa. "Elas se dividem basicamente em alopecia cicatricial e não cicatricial. As pessoas com formas não cicatriciais sempre podem voltar a ter cabelos novos", afirmou.

Tanto homens como mulheres de diferentes idades podem ter a doença, segundo a especialista. A forma mais comum de alopecia é a calvície ou alopecia androgenética, que é o tipo de doença de Giovana. "Ela acontece principalmente depois da adolescência sob influência dos hormônios", destacou Fabiane, reforçando que há uma grande variedade de alopecias.

A forma que atinge Jada, também é considerada comum. Trata-se da alopecia areata. "É uma doença autoimune, que tem um processo inflamatório que acaba fazendo com que o cabelo caia, de tal forma que ele cai subitamente em áreas localizadas ou outras áreas extensas do couro cabeludo", salientou a médica dermatologista. Segundo ela, outras áreas do corpo que têm pelos, como as sobrancelhas, também ser acometidas.

Tratamentos

A coordenadora do departamento de Cabelos e Unhas da SBD afirmou que o tratamento vai depender da forma de queda de cabelo e depende da avaliação de um dermatologista. "É possível sim que a pessoa volte a ter cabelos na maioria das formas não cicatriciais", disse.

Um ponto importante também é a saúde emocional dos pacientes, como explicou Fabiane: "Sem dúvida os aspectos emocionais influenciam no desenvolvimento de todas as formas de alopecias, especialmente nas mulheres. Na alopecia areata momentos de estresse podem ser um gatilho para a queda, como também a queda de cabelo pode desencadear um enorme desconforto psicológico e ambiental. Muitos pacientes contam que mudam suas rotinas por conta da queda de cabelo".

 

 

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
editor@moginews.com.br
editor@jornaldat.com.br
aline.portalnews@moginews.com.br

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News