Prevenção

Obesidade impacta saúde física e emocional de adolescentes

Especialista alerta que problema deve ser tratado desde a infância, e caso contrário, pode levar a doenças e transtornos psicológicos

10/04/2022 às 05:30
Atualizada em 18/05/2022 às 13:56.
Divulgação

Edna alerta para os perigos da obesidade - FOTO: Divulgação

Cerca de 11 milhões de adolescentes possuem excesso de peso e 4,1 milhões têm obesidade, o que representa um índice de 31,9%. O levantamento foi feito pelo Departamento Científico de Nutrologia da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), com base nos dados divulgados Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional (Sisvan) em 2020, e foi destacado pela Agência Brasil.

De acordo com Edna Silva, fisioterapeuta e proprietária do Instituto Sakurá, instalado na Vila Oliveira, em Mogi das Cruzes, a obesidade na adolescência possui diversas causas, mas, na maioria das vezes, se desenvolve por uma multiplicidade de fatores que se conectam.

O primeiro fator apontado pela especialista é o genético. "Segundo pesquisas, filhos de pais que não são obesos têm 9% de desenvolverem a doença. Se um dos pais for obeso, esse número sobe para 40%. Agora, se ambos os pais apresentarem o quadro, existe 80% de chance do filho também ser obeso", destacou.

Pós-graduada em Terapias Manuais e Posturas e estrategista de emagrecimento do Método Afine-se, Edna apontou como fator também o metabolismo: "Cada organismo se desenvolve de uma maneira e pode ter, ou não, a tendência de ganhar ou perder peso".

Edna ainda citou fatores ambientais para o desenvolvimento da obesidade, como a má alimentação e a falta de exercícios físicos, que contribuem para o acúmulo de gordura no corpo.

Um último fator apontado pela fisioterapeuta, que deve ser levado em conta são doenças, como problemas endocrinológicos e genéticos que podem desencadear a obesidade.

Perigos

A obesidade na adolescência, de acordo com Edna, pode trazer graves problemas físicos e emocionais, como hipertensão arterial, diabetes (principalmente a tipo 2), alterações no colesterol, doenças hepáticas e biliares, problemas ortopédicos e câncer. Entre os transtornos psicológicos, ela citou baixa autoestima, ansiedade, depressão e transtornos alimentares, como a compulsão.

"Eles acabam sofrendo bullying frequentemente, piorando esses quadros psicológicos. O preconceito afeta a autoestima e a formação emocional do jovem, que ainda está se fortalecendo. As humilhações e constrangimentos podem contribuir para o isolamento social e quadros graves de depressão e pânico", ressaltou.

Tratamento

A fisioterapeuta alertou que a obesidade deve ser tratada ainda na infância: "Pesquisas mostram que 70% de doenças como diabetes e hipertensão podem ser evitadas. Isso acontece pois as crianças têm o benefício de crescer e corrigir a proporção de peso e altura. Por isso é importante mudar os hábitos alimentares e de saúde desde pequeno".

Edna também reforçou que é fundamental estimular a criança e o adolescente para praticar atividades físicas, como esportes coletivos e caminhadas para a perda de peso. O pilates, especialidade da fisioterapeuta, também é recomendado. A reeducação alimentar é considerada obrigatória para diminuir a obesidade na adolescência.

"A dieta deve ser modificada, aumentando o consumo de frutas e legumes, deixando de lado doces e gorduras. Além disso, os adolescentes devem comer em horários corretos e ter bons hábitos. Deixar as crianças longe da televisão e do computador são ações necessárias", afirmou Edna.

A obesidade, de acordo com a especialista, pode ser um grave problema para os jovens, porém, é mais fácil controlá-la na juventude do que quando adulto. O apoio dos pais é apontado como fundamental para o controle da doença, pois o exemplo e o incentivo, segundo Edna, devem começar na própria casa.

Método Afine-se pode ser aplicado a partir dos 12 anos 

A fisioterapeuta Edna Silva é estrategista de emagrecimento do método Afine-se, que comprovadamente pode ser aplicado na rotina de adolescente a partir de 12 anos. “Os adolescentes têm um resultado muito mais rápido do que os adultos. Um fator muito importante que é o metabolismo que nessa fase é mais acelerado do que os adultos”, afirmou.

O acompanhamento de resultados é feito de perto e regularmente por Edna e sua equipe, a partir de um direcionamento estratégico de orientações da nutricionista com cardápios e suplementos. “Os adolescentes têm o meu apoio e de todos os outros profissionais qualificados nas áreas da nutrição, estética e psicologia. A estratégia é personalizada de acordo com cada necessidades e metas. Há melhora na disposição, no funcionamento do intestino, nas espinhas e cravos, na qualidade do sono e na postura”, ressaltou.

Mais informações no site https://www.institutosakura.com ou pelos telefones (11) 99878-1707 e 4726-1707.

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News