Relacionamentos

Busca por terapia conjunta cresce com novos paradigmas

Psicóloga com especialização em relacionamentos, Nádia Roll Vaz, destaca o crescimento da procura de casais pelo atendimento terapêutico e os novos paradigmas das relações, evidenciados pela pandemia de Covid-19

12/06/2022 às 05:30
Atualizada em 12/06/2022 às 12:44.
Divulgação

Segundo Nadia Vaz, terapia de casais passou a ter novo paradigma nos últimos anos - FOTO: Divulgação

Mogi - O que antes era um tabu na sociedade brasileira, a terapia de casais passou nos últimos anos a ganhar um novo papel nas relações amorosas, principalmente depois da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) - é o que aponta a doutora Nádia Roll Vaz, psicóloga com especialidade em relacionamentos que atua em Mogi das Cruzes.

Nádia realiza atendimentos psicoterapêutico há mais de 07 anos, sendo que nos últimos três anos, abrangeu seus atendimentos com foco na terapia de casais. Nessa trajetória, afirma que um dos tabus que foi derrubado é sobre o momento em que um casal decide procurar ajuda terapêutica. "Anteriormente, a busca pela terapia de casais acontecia na fase de pré-separação, onde um dos cônjuges procurava o atendimento de maneira unilateral para salvar o seucasamento. Porém, isso mudou com o tempo e atualmente, não é mais uma busca na pré-separação, mas uma maneira de como as pessoas buscam relacionar -se de forma mais afetuosa e harmônica", explicou.

A psicoterapeuta atende mensalmente cerca de 15 casais, além de atender individualmente jovens e adultos, e ressalta que são inúmeros os desafios que os casais apresentam, sendo que, uma das maiores queixas se refere a ausência de comunicação. "Mas na verdade a comunicação é algo presente em todas as relações, a problemática existente é a forma como a comunicação acontece, pois muitas vezes flui com agressividade e ausência de empatia, resultando em brigas e desentendimentos. O mais adequado nesse cenário para se conseguir resolver essa problemática é ambos desenvolverem uma escuta empática sem utilizar uma maneira de responder para legitimar o próprio ponto de vista. Um dos objetivos da terapia de casal é ajudar o casal a obter uma escuta afetiva e a desenvolver o hábito de dar respostas mais empáticas", resumiu.

O período de tratamento pode variar, as sessões podem durar meses ou mesmo anos - a chave, segundo a psicóloga, é o comprometimento do casal em adequar seus posicionamentos e ações.

Novos paradigmas

Além da mudança dos paradigmas entre os relacionamentos, a pandemia da Covid-19 acabou por fomentar o aumento pela busca pela terapia de casal. Segundo a especialista, a somatória do estresse causado pela doença e pelo risco à saúde pública, transformou a sociedade e obrigou as pessoas a mudarem e se adaptarem aos seus novos hábitos de vida, sendo que uma das principais mudanças foi otrabalho remoto. Diante desse contexto, alguns casais precisaram se adaptar a uma nova forma de se relacionar, sendo esses fatores o que levou a um aumento pela psicoterapia, tanto de casais como na modalidade individual.

"Hoje temos um número maior de pessoas buscando pela psicoterapia, conscientes de sua importância. Com a pandemia houve também um aumento significativo da busca dos adolescentes por busca terapêutica, sendo uma das principais queixas, os sintomas de ansiedade", apontou a terapeuta.

Qualidade relacional 

Segundo Nádia Roll a busca pelo atendimento de casais tem maior prevalência por parte das mulheres, essa dinâmica ocorre em relação a alguns homens ainda considerarem um tabu expor para um desconhecido a intimidade do casal.

"Mas essa dinâmica muda no decorrer dos atendimentos, pois a partir do momento que o casal começa o processo terapêutico, os homens passam a ter consciência do quanto estavam precisando desta ajuda, muito mais até do que imaginavam. Desse modo, quando o casal chega para terapia, em muitos casos, é justamente porque não conseguiram mais lidar com a problemática, e já foram feitas inúmeras tentativas para solucionar o problema, e no final perceberam que todas essas tentativas foram frustradas".

A psicóloga refere que compreende que inicialmente não deve ser fácil para o casal expor seus problemas para um desconhecido, pois ambos estarão revelando sua intimidade, medos e fragilidades, porém, ao perceber que existe um profissional habilitado com uma escuta atenta e afetiva toda a insegurança dá espaço para uma esperança que tudo poderá melhorar. Ela ressalta que a confiança no terapeuta e o bem-estar não acontecem de forma rápida, às vezes são necessários vários encontros até que o casal se sinta à vontade para iniciar suas falas mais significativas.

Atendimento

Nadia salientou que o atendimento de casais também pode acontecer no processo de separação, onde o terapeuta irá ajudar para que ambos consigam ter uma clareza de como esse processo poderá acontecer de forma mais tranquila e saudável. Em alguns casos essa procura ocorre quando o casal tem filhos, pois ambos têm uma preocupação do quanto o processo de separação poderá afetar o desenvolvimento emocional dos filhos.

A terapeuta enfatizou que a terapia para casais tem como objetivo despertar em cada membro o autoconhecimento acerca de si e de seu parceiro. "Buscamos principalmente a qualidade de vida relacional. Se o casal não está bem na relação conjugal, os outros campos também estarão prejudicados, tanto o campo profissional e social como todos os outros, pois a vida amorosa é uma parte essencial de nossas vidas", concluiu.

Pessoas e casais que estejam interessados em agendamento podem entrar em contato com a Dra. Nadia Vaz pelo telefone (11) 97165-4323, em horário comercial.

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News