Procedimento antigo era invasivo

Antigamente quando se falava em catarata dizia o senso comum que ela precisava ficar "madura", mas baseado na técnica anterior de cortar o olho, abrir e pinçar o cristalino para fora. Hoje com o laser, a modernidade e o conforto para o paciente é bem maior, além da recuperação bem mais rápida em relação a a que se praticava anteriormente. Antes, até os primeiros três meses da cirurgia era preciso passar no oftalmologista para verificar se estava tudo certo.

O médico Carlos Fonçatti também desmistificou o senso comum de que a catarata volta. Na verdade, não volta, a cirurgia é feita uma única vez. O que ocorre é que uma lente nova é colocada e muitas vezes pode ficar opaca causando desconforto.

"Hoje a cirurgia é extremamente segura", afirmou o médico. A catarata é considerada uma "cegueira reversível", ou seja, com a cirurgia é possível reverter os problemas e principalmente o idoso pode parar de usar os óculos, já que é possível colocar a lente de acordo com a necessidade dele.

A Clínica Fonçatti dispõe de um aparelho chamado Facoimulsificador que ajuda na realização da cirurgia e todo o aparato profissional com especialistas e médicos para a realização do procedimento com segurança.

A Clínica Fonçatti está localizada na Rua Antônio Meyer, 220, no centro. O telefone para mais informações é o 4723-9400; para agendamento 94089-2826 e WhatsApp para outras informações e detalhes. (C.G)